Mesada ou semanada: quanto devo dar para o meu filho? 

Dicas práticas para iniciar esse processo em casa

Qual a melhor forma de ensinar seu filho a lidar com dinheiro? (Foto: Getty Images)

Falar de dinheiro ainda é um tabu e não deveria ser! Afinal, não é do nada que aprendemos a nos organizarmos e principalmente, economizar. Precisamos, sim, conversar sobre, principalmente com as crianças, para que elas entendam, desde cedo, a importância de se planejar economicamente.

Dar dinheiro para o seu filho pode ser uma ótima opção para apresentar para ele o universo financeiro e, além disso, ajuda a criar independência e responsabilidade. Quanto antes ele entender como usa, melhor será para o futuro.

A grande dúvida que muitos pais têm é: quando começo? Quanto devo dar? E como separo esse dinheiro? Separei algumas dicas que podem ajudar e você pode também adaptar para a sua realidade.

Mesada ou semanada?

O ideal para crianças menores de 6 anos é começar com uma semanada, assim, ela consegue se organizar melhor com os gastos e aprender a cuidar do dinheiro.  Até porque, às vezes até nós, adultos, temos dificuldade a lidar com prazos grandes, imagina eles?

Para saber quando seu filho está preparado para passar para uma maior responsabilidade, basta analisar como a semanada está sendo gasta. Quando ele conseguir separar o dinheiro, não gastar em apenas um dia, ele está pronto para a próxima fase!

Quanto devo dar?

É claro que tudo vai depender da sua realidade e do seu filho. Onde que ele vai usar esse dinheiro? Ele vai comer fora? Ele vai guardar? Geralmente, a melhor ideia é separar 1 real por idade por semana.

Por exemplo, se a criança tem 4 anos, ela vai receber 4 reis por semana. Já a de 10 anos, vai receber 40 reais por mês, já que ela recebe mesada.

Gostou do assunto? Essa e mais dicas você vai encontrar na coluna “Cheia de Grana” no canal de Youtube da Pais&Filhos. Os vídeos entram todas as sexta-feiras às 16h30, você já pode conferir o dessa semana:

Não esqueça de se inscrever no canal, curtir o vídeo e compartilhar com suas amigas!

Leia também: 

Ensinar o filho a administrar a mesada é também prepará-lo para o futuro

Sete erros que os pais cometem na hora de implementar a mesada

Conheça os 8 tipos diferentes de mesadas