O amor que se ensina e aprende

As crianças pretas precisam enxergar o tamanho de sua beleza. Cabe a nós exaltar cada detalhe

**Texto por Luana Sampaio, esteticista, tem um perfil no Instagram para estimular as crianças a se amarem e amarem o cabelo desde já estudante de biomedicina, mãe de Yuna e filha de Elizabete

Representatividade importa e muito (Foto: Arquivo Pessoal)

Sempre imaginei que quando engravidasse seria o momento mais belo da minha vida. A casa que sonhei, uma carreira maravilhosa, meu parceiro, o chá de revelação, tudo era completo e perfeito. Entretanto, enquanto estava caminhando para conquistar tudo isso, engravidei da Yuna. E nesse momento em diante pensava que tinha acabado de me tornar mais um rótulo que a sociedade via com maus olhos: uma mulher, preta e mãe solteira. Aquele positivo foi enlouquecedor, porém imaginei que mesmo assim seria incrível. Pois aquele amor de mãe ia nascer dentro de mim, todas as minhas frustrações iriam acabar (já que diziam que esse é o amor mais lindo e forte do mundo).

Yuna nasceu de uma cesárea de emergência, ou seja, onde foi parar toda aquela conexão que é feita durante o parto? Não tive. Alguns dias após o nascimento desse presente divino, levei aquele bebê lindo para a casa e o afeto que eu sentia por ela ia se multiplicando conforme o passar do tempo, através dos dias fui aprendendo amá-la cada vez mais. Essa dádiva que até hoje amo de uma forma inexplicável. E junto a esse amor nasceu o medo de ter gerado uma mulher preta que rezo todos os dias para que jamais seja mãe solteira.

COMEÇOU A BLACK FRIDAY!

A Black Friday da Amazon chegou! Para conferir os produtos com descontos incríveis em todas as categorias do site, clique AQUIAproveite também o cupom OUTLET30 e ganhe 30% off em itens selecionados clicando AQUI. Você ainda pode ter frete grátis e promoções exclusivas ao se tornar um membro Prime! A assinatura é de apenas R$ 9,90 por mês e também garante entrega mais rápida, acesso a filmes, séries e desenhos animados. Inscreva-se e ganhe 30 dias grátis CLICANDO AQUI.

A resposta está no amor próprio (Foto: Arquivo Pessoal)

Junto ao nascimento desse amor também surgem todos aqueles monstros que me assombravam na infância, e os principais deles eram abuso e racismo. Algo que vivi bem de perto, com meus próprios parentes. Um dos meus apelidos era Caquinha, apesar de não saberem isso destruía a minha autoestima. Quando eu estava com 3 anos de idade perguntei para a minha mãe: “Se eu tomasse banho com leite minha pele seria branca como a da senhora?”. Entre outras barras que carregava, como a de rezar todos os dias para Deus me deixar branca. Pus no meu coração que com minha filha isso nunca irá acontecer da mesma forma.

Hoje construo na minha filha a firmeza que ser mulher é incrível e melhor ainda ser mulher preta. Por isso trouxe para redes sociais, para que outras meninas afirmassem sua beleza preta, para mães iguais a minha aprendesse como manusear pentear e cuidar dos cabelos crespos e cacheados de suas meninas. Me agrada ver que cada penteado que faço na minha filha ela corre pro espelho pra dançar, cada pessoa que a elogia ela pega no cabelo afirmando como se toda a beleza dela estivesse ali. Ainda não tem noção do tamanho do seu encanto, contudo estou aqui para mostrá-la desde os pequenos detalhes, eu me atento a comprar, apresentar coisas e pessoas exemplares que sejam semelhantes fisicamente a ela. Aquela tal representatividade, não é mesmo? Estou ainda mais contente por estar fazendo parte desse movimento e vendo várias princesas se inspirando nos penteados da Yuna.

Fico bastante orgulhosa de ser hoje em dia um exemplo para ela e para muitas meninas e mamães que se inspiram no cuidado e na afirmação da beleza de cada menina preta. Apesar de se ter um longo caminho pela a frente, hoje ela está muito mais preparada para percorrê-lo.

Seminário Internacional Pais&Filhos

O 10º Seminário Internacional Pais&Filhos – Quem Ama Cria está chegando! Ele vai acontecer no dia 1 de dezembro, com oito horas seguidas de live, em formato completamente online e grátis. E tem mais: você pode participar do sorteio e ganhar prêmios incríveis. Para se inscrever para os sorteios, ver a programação completa e assistir ao Seminário no dia, clique aqui!