Colunistas

A bolsa estourou! E agora?

Entenda quando é a hora certa de ir para o hospital

(Foto: Getty Images)

Um fluído em grande ou baixo volume pode ser um indicativo de que sua bolsa rompeu e que o trabalho de parto já começou. O que pode deixar as futuras mães confusas nesse momento é o fato que nas últimas semanas da gravidez a mulher pode ter uma leve incontinência urinária e conforme o bebê pressiona sua cabeça contra a bexiga da mãe, pode causar uma leve perda de urina.

O que é?

A bolsa é a embalagem, uma espécie de bexiga cheia de líquido aminótico, onde o bebê fica dentro. Ela é feita por duas membranas e quando elas se rompem, começa a escorrer o líquido que se exterioriza pela vagina e, na maioria das mulheres, escorre pela perna.

Entenda o que acontece

Ao romper a bolsa e esvaziar o líquido, a cabeça do bebê desce, forçando o colo, propiciando a dilatação e faz as contrações evoluírem melhor e mais rapidamente.

O que fazer?

Não precisa se desesperar! Não é uma urgência, mas é importante que você entre em contato com seu médico, já que na maioria das vezes, ainda é possível esperar algumas horas antes de entrar no trabalho de parto.

Para entender melhor sobre o assunto, veja o vídeo completo:

Não esqueça de se inscrever e deixar o like!

Leia também:

Vídeo impressionante mostra bebê nascendo empelicado em parto normal

Mãe faz relato emocionante sobre parto normal da filha, depois de passar por cesárea

Existe jeito certo de fazer força durante o parto normal? Tire suas dúvidas!