Colunistas

Hora de voltar pra casa: quando a mãe e o bebê podem sair do hospital?

Alguns hospitais estão tentando liberar mais precocemente, principalmente nos casos de parto normal

( Mãe e seu bebê em casa / Foto: iStock)

A hora de ir para a casa com o seu bebê é a mais esperada por toda família. Ter a segurança de estar no aconchego do seu lar e de que tanto você quanto o seu bebê estão bem é a melhor sensação depois de um trabalho de parto. Cada hospital adota o seu próprio protocolo quanto ao período que a gestante fica internada, independente se o parto foi normal ou cesárea. A partir de 48 horas de vida do bebê e tendo certeza de que tanto a mãe quanto a criança estão bem, a maternidade tende a dar alta.

Alguns hospitais estão tentando liberar mais precocemente, principalmente nos casos de parto normal. Em alguns países, existem as chamadas “altas supervisionadas“, que ocorrem quando a gestante vai para casa, mas a equipe médica de enfermagem continua acompanhando o seu estado e o do bebê, com visitas monitoradas. No Brasil essa técnica ainda é nova e não são todos os hospitais que a adotam.

Nas primeiras 48 horas em que a criança fica em observação no hospital, acontecem diversos procedimentos para que seja liberado.  A equipe analisa se o peso está adequado, o grau de icterícia neonatal, realizam o teste do pezinho para identificar doenças genéticas, etc.Quando é necessário que o recém-nascido permaneça mais do que às 48 horas em observação, a mãe continua internada até o terceiro dia, mesmo que ele não seja liberado.

  • Veja o vídeo completo para entender mais sobre o assunto:

Leia também:

Parto cesárea: o que você precisa saber

Parto normal: 5 dicas que você precisa saber

Parto normal x cesárea: saiba quais são as principais diferenças entre os dois