;

Colunistas

Parto cesárea: o que você precisa saber

É importante lembrar que a escolha deve ser da mãe

(Foto: Shutterstock)

(Foto: Shutterstock)

Decidir o tipo de parto é muito difícil, mas a melhor maneira é aquela onde o bebê e mãe ficarão mais seguros. A escolha é da mãe. Mas de acordo com uma pesquisa da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), 84,6% dos partos realizados em 2015 foram feitos com cesárea.

Pensando nisso, é importante estar por dentro de algumas consequências desse procedimento. Dá uma olhada:

1. Vai com calma!

A cesárea é uma cirurgia, então você vai precisar de um tempo para se recuperar. Não queira sair do hospital fazendo tudo que fazia antes, isso não vai acontecer e pode ser até te prejudicar. Tudo vai voltar ao normal, mas você precisa ser paciente!

2. A recuperação pode ser difícil para os filhos mais velhos 

De início você vai ser aconselhada a não carregar nada que não fosse o seu bebê recém-nascido, então se você tem filhos mais velhos, isso pode ser um problema. Além da chegada de um novo irmão já causar ciúmes, não poder carregá-lo vai ser difícil para ambas as partes.

3.  Analgésicos não são inimigos

Não queira se livrar logo dos remédios. Você vai sentir dores e eles são os responsáveis por amenizá-las, então use-os até o tempo indicado pelo seu médico.

4. Suas idas ao banheiro serão o assunto principal de muitas conversas

Por alguns dias as enfermeiras precisam saber se está tudo bem com o seu intestino. Isso significa que eles irão fazer perguntas constrangedoras que você possa ficar desconfortável em responder. Entenda: isso é preciso!

5. Tomar banho sozinha é complicado

Talvez você nunca tenha derrubado um sabonete no chão quando está no banho, mas isso provavelmente vai acontecer quando você estiver em recuperação. Por isso, é bom ter alguém sempre por perto nesse momento.

6. Sangramentos podem não ser o que você espera

O sangramento pós-parto pode te assustar. Você provavelmente irá usar e abusar dos absorventes noturnos, mas isso é normal e passa depois de um tempo.

Veja o vídeo para entender mais:

Leia também:

Atenção, grávidas: as novas regras para parto normal e cesárea começam a valer a partir de hoje!

Por que nenhuma mãe deveria se sentir culpada por fazer uma cesárea

Cesárea a pedido da paciente só poderá ser feita a partir da 39ª semana