Parto normal: 5 dicas que você precisa saber

(Foto: Getty Images )

Se você sonha com um parto normal, é importante saber como funcionam alguns detalhes que envolvem esse procedimento. Desde o hospital até exercícios prévios, se você se organizar e souber o que esperar, seu parto será muito mais tranquilo

  1. A equipe e o hospital
    Você pode ter seu parto normal com a equipe que você já conhece, que criou um vínculo, mas pode acontecer de você ter uma equipe que não conhece ou em algum hospital do SUS. É importante saber, por que é quem conduz o seu parto. Procure por referencias e indicações. Se vai ser com o seu médico, converse abertamente sobre quantos partos ele já fez, se vai ter enfermeira ou doula presentes para auxiliar. Se for pelo SUS, procure indicação, vasculhe na internet. Se você tem plano de saúde, peça para a operadora as taxas de parto normal dos médico e dos hospitais.
  2. Esperar o tempo certo
    O bebê pode nascer de 39 à 40 semanas, então não se desespere. Se passar do tempo, não quer dizer que precisa ser cesária, existem maneiras de induzir o parto normal. Espere acontecer espontaneamente, pois aguardar a hora do parto aumenta a chance de sucesso.
  3. Reconheça as fazes do trabalho de parto
    Se você souber o que está acontecendo com seu corpo vai evita idas precoces ao hospital. Assim, também diminui as chances de realizar uma cesária! Já tenho um vídeo falando disso no canal da Pais&Filhos. Clique aqui!
  4. Exercícios de fortalecimento
    Faça atividades que fortalecem as costas, as pernas, como hidroginástica e musculação, pois o trabalho de parto é trabalhoso e demorado. Exercícios para fortalecer o assoalho pélvico são importantes e trazem benefícios para o parto e o pós parto.
  5. Preparar o períneo
    O períneo é a musculatura entre a vagina e o anus. Ela é superficial, poucos centímetros dentro do canal vaginal e é importante exercitá-la antes do parto. Quando o bebê nasce, pode acontecer a ruptura dela, por isso é importante preparar essa região. Fisioterapeutas com formação em saúde da mulher podem ajudar.

Assista ao vídeo completo abaixo:

 

Leia também:

Existe parto humanizado no hospital?

Parto normal x cesárea: saiba quais são as principais diferenças entre os dois

Grávida segue dica de grupo de Facebook e perde o bebê