Colunas / Mãe em looping

Instinto materno: paixão à primeira vista, amor construído no dia a dia

O relacionamento entre mãe e filho é uma construção, que mistura vários sentimentos - Shutterstock
Shutterstock

Publicado em 22/02/2021, às 08h43 por Geovanna Tominaga


A “mãe-leoa” só deu as caras alguns dias após o nascimento do Gabriel. Aprendi que o instinto materno não é inerente a mulher que dá a luz. A pandemia nos deu a oportunidade de ressignificar a função de pai e mãe.

O relacionamento entre mãe e filho é uma construção, que mistura vários sentimentos (Foto: Shutterstock)

Olhei para o rostinho daquele bebê pela primeira vez e pensei: “Então esse é o meu filho”. Observei atentamente cada detalhe do meu pequeno enrolado na manta do hospital. Os olhos brilhantes, o nariz ainda inchado e a boca envergada pelo choro necessário. Finalmente em meus braços, materializava-se a ideia que construí do meu bebê ao longo da gestação. Ele era exatamente igual a imagem da ultra 3D. Santa tecnologia! Os chutes na costela, os socos-surpresa, as longas conversas com a “barriga” só aguçavam a curiosidade do primeiro encontro.

É  como um “blinde date” que começa no virtual. Você troca mensagens com o outro e acha que já o conhece, mas na hora do olho no olho é que a magia acontece. Me apaixonei por aquela criaturinha tão amassada, suja e indefesa. Foi paixão à primeira vista! Porque o amor mesmo só aconteceu mais tarde como em qualquer outro relacionamento.

A ficha da maternidade demorou a cair, mesmo tendo carregado meu filho por tantos meses na barriga. Dia a dia, pouco a pouco, fui entendo o que era o tal “amor de mãe”. É amor que se constrói no cuidado, no carinho, no afeto… Em cada troca de fralda desastrada, em cada mamada dolorida. Foi no cotidiano do puerpério que entendi o que significavam algumas expressões que ouvi durante toda a vida. “A mãe dá o sangue” ou “Tiro da minha boca pra dar pro meu filho”. Aprendi na dor que a amamentação não é algo natural e instintivo. Assim como aprendi também que o instinto materno não é inerente a mulher que dá a luz.

Quando Gabriel nasceu, eu me senti mais filha do que mãe. Precisava de cuidado, de colo, de atenção. Agradeço muito a Dona Nazaré, minha mãezinha, que me acolheu e ajudou tanto no início  do meu maternar. A mãe-leoa que habita em mim só deu as caras alguns dias após o nascimento do Gabriel, quando entendi que ninguém era melhor do que eu para cuidar do meu filho. Foi no dia em que pedi para as pessoas que me rodeavam naquele momento me deixar sozinha com ele. Ali encontrei uma força que não sabia que existia. Foi a partir daquele momento que começamos a nos conhecer melhor e o amor surgiu. Somente através dessa conexão estabelecida com os nossos pequenos é que podemos seguir para o próximo estágio.

Dizem que quem ama, cria. Eu diria que o inverso também é verdadeiro: Quem cria, ama. A pandemia nos deu a oportunidade de estar mais perto dos nossos filhos e dar novo sentido à função de pai e mãe. Meu marido e eu pudemos acompanhar cada conquista do desenvolvimento do Gabriel nos seus primeiros dois anos de vida, e isso é uma benção. Acredito que esse período intenso de isolamento em casa, tão juntinho dos nossos filhos, vai resultar num “novo normal” familiar muito mais atento e afetuoso. Nós vimos que não é fácil assumir a responsabilidade total sobre a criação dos pequenos. Quando não se pode ter por perto uma rede de apoio como a família, os cuidadores e a escola pra ajudar, a tarefa fica pesada. Nenhum pai ou mãe que queira assumir por completo esse processo vai sair ileso. Mas vale a pena investir em algo que pode reverberar por essa e outras gerações, não acham?


Leia também

(Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Bruna Biancardi viaja com Mavie para Barcelona e se hospeda na casa de ex de Neymar

Claudia Raia posta fotos com família - Reprodução/ Instagram

Bebês

Claudia Raia mostra festa luxuosa do filho e aparência de Luca chama atenção: “Nasceu pra brilhar”

Fabiula Nascimento anuncia mudança em 'status de relacionamento': "O amor e o respeito continuam" - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Fabiula Nascimento anuncia mudança em 'status de relacionamento': "O amor e o respeito continuam"

Carolina Dieckmann e Marcos Frota - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Carolina Dieckmann posta foto rara e recente do filho com Marcos Frota: "Moço bonito"

Paolla Oliveira e Diogo Nogueira falam sobre filhos - (Foto: Reprodução/Instagram)

Gravidez

Paolla Oliveira fala sobre gravidez e decisão de filhos aos 41 anos: "É libertador"

Derek Prue junto do filho, Derek Jr. , com a mesma marca de nascença! - Reprodução/ Today

Família

Pai fica 30 horas fazendo tatuagem igual marca de nascença do filho: “Para ele se sentir confortável”

Roberto Justus e família - Reprodução/Instagram

Criança

Filha de Roberto Justus é julgada por usar salto com 3 anos: “A infância se perde nesses detalhes”

Ticiane Pinheiro e família - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Ticiane Pinheiro fala sobre gravidez e chegada de segundo filho com César Tralli

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!