Visita ao recém-nascido: dicas para visitar o bebê que acabou de nascer, mas sem atrapalhar os pais na nova rotina

Evite beijar mãos ou bochechas do recém-nascido

Cuidado com os excessos (Foto: Istock)

O bebê nasceu e o que mais queremos é conhecer o rostinho. Será que se parece com a mãe, ou com o pai? Quando um bebê nasce, a primeira coisa que pensamos é em visitar, porém, precisamos ter alguns cuidados antes de conhecer o recém-nascido.

Quando minha filha nasceu, achei ótimo receber visitas na maternidade. Claro que também adoramos receber as pessoas em casa, mas a visita inicial, logo que o bebê nasce, nos primeiros dias, eu particularmente acho mais tranquila, aquela realizada na maternidade, pois estamos com suporte e apoio na maternidade, sob cuidados etc, então facilita.

A visita em casa, nestes primeiros dias, é supernormal também. Porém, contando um pouquinho da minha experiência, assim que temos o bebê, estamos em fase de adaptação. Lidando com uma nova etapa, aprendendo a lidar com o bebê na rotina, em casa, na família… Então, eu achei perfeito receber visitas na maternidade.

Estamos supercansadas do impacto inicial e o nosso foco é na nova rotina e dependendo do jeito, a visita em casa, nos primeiros dias, pode até mesmo atrapalhar infelizmente… Mas, sendo pessoas íntimas do casal, da família, tudo bem. Pois entenderão que os pais estão mais preocupados com o bebê, com a nova rotina e em adaptação. Mas não sendo íntimos, entendemos que também sabem o que se passa, mas o ideal mesmo é visitar na maternidade ou aguardar um tempinho para ir até a casa dos novos pais. Sempre combine antes com os pais e aí fica melhor.

Procure nunca chegar de surpresa, até mesmo sendo íntimo. Ligue antes para saber como estão, se estão precisando de alguma coisa, se podem ou desejam receber visita naquele momento. Pode acontecer do casal, ou da mãe, não estar a fim ou disponível para receber visita naquele momento. Justo naquele momento conseguiram dormir, justo naquele exato dia estão muito cansados e não querem dar atenção para mais ninguém, então, ligue antes da visita, converse e não chegue de surpresa.

Lembro que teve um dia, após o nascimento da minha filha, que recebi visita em casa. Nenhum problema, eram pessoas íntimas, e eu estava tão, mas tão cansada, que nem apareci nas sala. Fiquei no quarto mesmo (risos)…

Então, logo no início, receber visitas, na maternidade ou principalmente na sua casa, são sempre muito bem-vindas, porém, precisam ser combinadas e rápidas. A não ser que a visita chegue também para ajudar (risos), faz parte. Mas, preocupações como: preparar algo para a visita comer, etc, fica mais complicado, pois a mãe está focada no bebê.

É importante que a visita compreenda que a mãe, o bebê e o pai estão vivenciando uma nova fase, estão em fase de aprendizado, estarão cansados, preocupados, apreensivos. Então, precisa ser rápida e atenta a algumas dicas importantes que levantamos para antes de visitar o bebê recém-nascido. Cuidado para não correr o risco de passar por uma pessoa sem noção, inconveniente e até mesmo atrapalhar o casal com o recém-nascido.

Então: não apareça de surpresa, ligue antes de visitar e combine com a família. Não visite na hora de refeição. Normalmente nessa adaptação os pais não conseguem nem comer direito. Então, a não ser que você esteja indo para ajudar no almoço, leve a refeição ou algo para a família.

Evite beijar mãos ou bochechas do recém nascido, porque o sistema imunológico deles ainda é muito frágil. Normalmente as mães só deixam os mais próximos pegarem o bebê. Não é para ficar triste ou ofendido(a), pois é assim mesmo, precisamos entender e respeitar.

Supernormal esse cuidado com a saúde da criança recém-nascida, pois os pais estão preocupados. Pegar no colo, beijar, enfim, pode transmitir alguma doença que às vezes nem imaginamos, não sabemos. Melhor deixar o bebê crescer mais um pouco, aguardar mesmo. A não ser que a mãe não se importe.

Não atrapalhe a hora da mamada. Se você estiver visitando e chegar a hora de amamentar, da mamada, a sugestão é ir embora para deixar mãe e o filho focados nesse momento. Eles ainda estarão em fase de aprendizado e adaptação. A não ser que a mãe solicite que fique, permaneça.

Não fume e nem use perfume: dispensa maiores comentários.

Não descuide da higiene e nem faça visita se estiver doente, tossindo, espirrando. Chegou pra visitar, procure tirar sapatos e lavar as mãos.

Nada de fotos ou postagens do recém-nascido sem autorização.

Bem, é isso, ficamos por aqui ;)! Espero que essas dicas tirem suas dúvidas e ajudem um pouquinho quanto ao planejamento da visita ao bebê recém-nascido. Mãe, você tem mais alguma dica que gostaria de compartilhar? Por favor, deixe aqui nos comentários, compartilhe! Muitos Beijos! Seja feliz!

Por Karin do @mamaebox

Acompanhe www.instagram.com/mamaebox

Leia também:

Mala da Maternidade: o que levar para você e para o bebê?

5 dicas para criar uma rotina do sono do bebê

7 dicas para curtir o Carnaval com as crianças numa boa