Colunas / Papo (sem) Neura

Flexibilidade mental e a dificuldade com o novo

Apesar das crianças autistas gostarem de comportamentos repetitivos, é necessário oferecer novos estímulos - iStock
iStock

Publicado em 02/12/2021, às 07h17 por Mayra Gaiato


Um dos critérios diagnósticos do autismo são os padrões restritos e repetitivos de comportamento, interesses ou atividades. O desenvolvimento atípico do cérebro dessas crianças pode trazer dificuldades com a Flexibilidade Cognitiva, que é uma função executiva muito importante para o desenvolvimento infantil.

Apesar das crianças autistas gostarem de comportamentos repetitivos, é necessário oferecer novos estímulos
Apesar das crianças autistas gostarem de comportamentos repetitivos, é necessário oferecer novos estímulos (Foto: iStock)

Por essa resistência natural ao novo e diferente, esses pequenos tendem a gostar muito de:

  • Rotinas seguidas à risca;
  • Falar dos mesmos temas
  • Organização em todos os ambientes – fechar gavetas, por exemplo.
  • Enfileirar e empilhar objetos;
  • Brincar sempre do mesmo jeito.

Isso traz prejuízos ao desenvolvimento da criança porque dificulta que ela adquira alguns comportamentos que são pré-requisitos para outros e também que esteja mais vulnerável a possíveis desregulações. Quando tentamos ensinar algo novo para elas, por exemplo, elas podem apresentar resistência e é comum tentarem voltar para a repetição das suas ideias originais.

Porém, quando fazemos apenas aquilo que já conhecemos e estamos acostumados, não aprendemos novas habilidades. Ampliar repertório comportamental, aprender novas habilidades de comunicação e de interação social estão diretamente relacionados à aceitação das ideias de outras pessoas.

No caso de crianças pequenas, podemos perceber claramente essa dificuldade quando o colega tenta brincar junto, mexer em seus brinquedos ou fazer variações na maneira de usar objetos e materiais, mas a criança autista tenta impedir. Pode entrar em sofrimento e desregulação.

Imagine um músico que toque apenas 1 dos 7 acordes de seu instrumento. Ele estará restrito apenas às canções com aquela nota e seu repertório e suas possibilidades de se desenvolver cada vez mais serão muito menores. Trabalhar a flexibilidade mental nas crianças é importante para:

  • Compreender a comunicação e interações sociais;
  • Reduzir possíveis dificuldades na vida escolar;
  • Aprender a conviver com os imprevistos do dia a dia;
  • Evitar crises e desregulações quando algo sai do esperado.

Bom, e como isso se dá na nossa prática como terapeutas? Precisamos aprender as estratégias e abordagens que vão nos ajudar a tornar esse pequeno mais ‘maleável’, disposto a tentar novas atividades que saem do que está acostumado.

E, uma vez que a dificuldade com flexibilidade mental é uma característica fortemente presente no autismo, é essencial compreender os limites entre estimular um novo aprendizado e frustrar nosso paciente a ponto que ele se desregule.

A estratégia principal é fazer um pouco do que a criança quer, depois pedir algo novo e voltar a fazer o que ela quer. Essa técnica entra como uma ferramenta que nos norteia entre sair daquilo que o pequeno já conhece e ensinar algo novo, de forma leve e divertida, sem causar uma crise.

As crianças autistas, principalmente nos primeiros anos de vida, tem uma alta capacidade de aprender, mas precisam trabalhar sua rigidez mental para descobrir coisas novas que possibilitem um desenvolvimento feliz, saudável e com mais independência.


Leia também

Sasha tem dois irmãos por parte de pai - reprodução / Instagram

Família

Sasha Meneghel abre o jogo e fala sobre relação com os irmãos: “Tive que dar uma regulada nisso”

Lore Improta disse quando pretende ter o segundo bebê - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família vai aumentar! 👨‍👩‍👧‍👦

Lore Improta fala sobre a chegada do 2º filho com Léo Santana: 'Curtir nossa família'

Wanessa vive na mansão da mãe - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Wanessa Camargo mora em mansão luxuosa da mãe após separação e 'problemas financeiros'

Davi mora na periferia de Salvador - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Esposa de Davi, do 'BBB 24', mostra casa humilde onde eles vivem na periferia de Salvador

“Eu odeio o nome da minha filha” diz pai que já mudou o nome da bebê, mas que ainda se arrepende - Freepik/freepic.diller

Bebês

“Eu odeio o nome da minha filha” diz pai que já mudou o nome da bebê, mas que ainda se arrepende

Claudia Raia posta fotos com família - Reprodução/ Instagram

Bebês

Claudia Raia mostra festa luxuosa do filho e aparência de Luca chama atenção: “Nasceu pra brilhar”

Fãs notaram que o casal se distanciou desde a alta hospitalar do ator - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Kayky Brito enfrenta 13 horas de viagem para ver o filho e explica motivo inusitado: 'Não posso'

Fabiula Nascimento anuncia mudança em 'status de relacionamento': "O amor e o respeito continuam" - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Fabiula Nascimento anuncia mudança em 'status de relacionamento': "O amor e o respeito continuam"

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!