Colunistas

Tá tendo copa

Futebol é mesmo uma paixão

(Foto: arquivo pessoal)

(Foto: arquivo pessoal)

Bastou o juiz apitar o primeiro jogo para o clima futebolístico pairar no ar. Tem bandeira do Brasil e da Rússia na janela, acessórios e cornetas pela sala, tem tatuagem nas crianças e um calendário todo modificado para encaixar os jogos da Copa. Tem filho eufórico com a classificação do Brasil para as oitavas e aquela esperança, que sempre aparece, de enfim levarmos o hexacampeonato.

Lembro da Copa de 2014 aqui no Brasil, das incertezas e manifestações pré evento, mas lembro bem do quanto o mundial mexeu com a gente. Mesmo com a derrota da Alemanha, viver aquela experiência em nosso país foi demais. E ver o nosso filho participando de tudo isso foi inesquecível. Quando, na minha infância, eu imaginei que veria ao vivo um jogo da Copa do Mundo?

Futebol é mesmo uma paixão. Qual torcida leva um hino na capela quebrando todos os protocolos do campeonato? Isso está na alma do brasileiro e ninguém pode tirar. Não é à toa que temos tantas estrelinhas na camisa verde amarela.

Gabriel é um menino de sorte. Comemorou o seu décimo aniversário em dia de jogo do Brasil, numa festa que, pela terceira vez, teve o tema de Copa do Mundo. É mágico ver ele torcendo com os amigos, pensando em cada detalhe da decoração e organizando como tudo seria para a hora do jogo.

Tá tendo copa e está sendo mais uma experiência incrível! Que nosso time avance e amadureça a cada fase para que eu possa curtir ainda mais esse envolvimento dos meninos e essa alegria de torcer junto com eles.

(Foto: arquivo pessoal)

(Foto: arquivo pessoal)

Leia também:

Paraíso perto de casa

Quando a história e a diversão se encontram

Viagem para perto de casa

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não