Silêncio: uma receita simples para recarregar a energia

Ficar em casa 100% do tempo com os filhos não é nada fácil e as vezes é necessário tirar um tempo para si, olhar para você mesma e se atentar às suas necessidades

**Texto por Roberta e Taís Bento, mãe e filha, embaixadoras da Pais&Filhos e fundadoras do site SOS Educação

O som da TV irrita. A voz do personagem daquele desenho animado que seu filho gosta parece insuportável. Aquele “mamãe, mãe, manhêeee”, que um dia soou como música para seus ouvidos, agora tira você do sério. E lá vem culpa, remorso, autocobrança. Seu corpo e sua mente estão implorando por momentos de silêncio!

É preciso tirar um tempo para si (Foto: Getty Images)

Estar com os filhos em casa 100% do tempo é, sim, um desafio gigante. Não importa se você nasceu para ser mãe e ama esse papel ou se você considera a maternidade um dos diversos papéis que adora cumprir. Isso vale para a paternidade também. Se a parentalidade realiza você ou não, o fato é que somos seres humanos antes de tudo. E há necessidades que independem do quanto amamos nossos filhos.

Depois de tantos meses sem que as crianças e adolescentes pudessem fazer tantas atividades necessárias para serem equilibrados e felizes, é natural que recaia sobre os pais as consequências do isolamento. Não somente dos filhos, mas de nós mesmos, os adultos responsáveis. Quanto mais tentamos dar conta de tudo que faz falta para nossos filhos, menos lembramos que alguns momentos estão fazendo falta para nós também.

Porém, nosso foco acaba ficando naquilo que enxergamos ou que faz parte do nosso consciente. Parte do altíssimo estresse que vivemos hoje tem relação com aquilo que não vemos, mas que faz muita fala. O silêncio é um desses aspectos. Neurocientistas já vinham estudando os efeitos positivos que o silêncio traz ao cérebro. E os resultados são incríveis.

Uma pesquisa feita na Austrália mostrou que nos momentos de silêncio há inúmeras atividades cerebrais com enorme impacto em nosso dia a dia. Pense em toda a irritação que você tem sentido e que parece sem explicação. Ou nos seus momentos de explosão, seguidos de culpa e remorso, na hora da lição de casa. Você não vai conseguir ajudar seu filho com os estudos se não reabastecer sua mente com momentos tranquilos, de silêncio. Se você tem um parceiro, é hora de combinar momentos em que cada um pode cuidar de si, enquanto o outro cuida do
filho. Se você é mãe ou pai solo, é hora de buscar ajuda. Sem uma rede de apoio você não vai poder seguir dando a atenção, carinho e suporte que seu filho merece. É hora de buscar um reencontro com você mesma. Buscar maneiras de se conectar com seu eu mais profundo, aprender a respirar e focar no momento presente. Gostar da sua própria companhia. Momentos de silêncio são tão fundamentais como os encontros para conversas. A diferença é que a conversa alguém pode oferecer a você, mas o silêncio tem que ser uma conquista sua. Comece hoje mesmo a buscar esses momentos só seus. Você e sua família merecem.