3 estratégias para driblar a infertilidade

Conceber filhos é o sonho de muitas famílias. Para isso, existem maneiras de vencer a infertilidade e, finalmente, engravidar. Confira!

A infertilidade é definida quando um casal não consegue engravidar após um ano de relação sexual regular (definida como duas a três vezes por semana) e desprotegida. Ela pode ser causada por vários fatores. As causas comuns de infertilidade em mulheres incluem a idade, endometriose, ovulação irregular e obstrução das trompas de falópio. Nos homens, várias causas podem impactar na quantidade e qualidade de espermatozoides. Felizmente, existem métodos seguros e eficazes para ajudar um casal a superar a infertilidade. Dentre eles, medicamentos, cirurgias e concepção assistida.

  • Medicamentos para ajudar na fertilidade: Alguns medicamentos são utilizados para estimular a ovulação, como as gonadotrofinas (hormônios injetáveis) ou indutores orais. Em alguns casos, eles também são usados para aumentar a produção dos espermatozoides (a depender da causa da baixa produção).
  • Procedimentos cirúrgicos: Alguns casos de infertilidade são causados por obstrução ou cicatrizes nas trompas de falópio, que podem ser resultados de uma doença inflamatória pélvica. A cirurgia pode reverter alguns casos, mas é pouco eficaz. A videolaparoscopia pode ser usada para tratar casos de endometriose e histeroscopia pode ajudar a remover miomas submucosos. Em homens, este tratamento está indicado nos casos de varicocele se essa for a única causa da infertilidade do casal e houver bom sinal de melhora. A cirurgia de reversão de vasectomia também pode ser indicada em casos específicos.
  • Tratamentos de concepção assistida: Entre os procedimentos de Reprodução Assistida, existe a Inseminação Intrauterina (IUI). Nela, o esperma é colocado no útero por um tubo de plástico e o procedimento é programado para coincidir com a ovulação. Já na Fertilização in vitro (FIV), o óvulo da mulher é fertilizado fora do corpo. A medicação é usada para estimular mais ovulação do que o normal e os óvulos são coletados e fertilizados em laboratório. O embrião é então colocado de volta no útero. A injeção intracitoplasmática de espermatozoides é a técnica da fertilização in vitro mais usada, o que envolve a injeção de um único espermatozoide diretamente no citoplasma do óvulo, permitindo assim mais controle do procedimento. A taxa de sucesso da FIV é de cerca de 60% para cada ciclo de tratamento entre mulheres com menos de 35 anos, mas ela diminui com o aumento da idade.
Dá para pedir ajuda médica para lutar contra a infertilidade
Dá para pedir ajuda médica para lutar contra a infertilidade (Foto: Getty Images)

No caso de ausência de óvulos ou espermatozoides, é possível contar com um doador. A doação de óvulos é realizada nos casos da idade avançada das mulheres ou que entraram na menopausa e a doação de sêmen nos casos de ausência de espermatozoides nos testículos ou epidídimo.