Colunistas

Caça ao tesouro… para o cachorro!

Uma brincadeira superdivertida que vai animar a família toda e o domingo!

(Foto: iStock)

(Foto: iStock)

Na coluna de hoje, vou ensinar uma brincadeira superdivertida que vai animar a família toda e o domingo, a caça ao tesouro. Para isso, você vai precisar dos seguintes materiais (rs):

  •  1 cãozinho ativo e faminto
  • 1 (ou mais) crianças com energia para gastar
  • Petiscos cortadinhos ou grãos de ração

Ah, para conseguir brincar, o seu pet precisa já saber sentar e ficar, ok? Esses dois comandos eu já apresentei aqui e aqui, então, se dedique a eles primeiramente, sem pressa. O mais importante é todo mundo participar e ter momentos gostosos de interação.

Se o animalzinho já está arrasando nos truques, é hora de começar! Para isso, ajude o seu filho a escolher um local da casa sem muitos móveis, para o peludo não esbarrar em nada, já que a ideia é agitá-lo. Se moram em apartamento, uma leve afastada nos sofás já resolve o problema!

Oriente-o, então, a pedir os comandos “senta” e “fica” para o pet. Se o comando “fica” ainda não estiver perfeito, é possível iniciar a brincadeira com o cão preso na guia até ele entender que deve esperar.

Peguem os petiscos e escolham determinados locais do ambiente para escondê-los. Para facilitar, no início, deixe os snacks bem à vista, como em cantos de parede, em cima do sofá ou perto da caminha.

Depois de escondidos, peça para a criança dizer uma palavra de liberação como “procura” ou “ok” e incentivem o peludo a ir atrás dos petiscos, apontando ou se posicionando perto deles. Cada vez que o animal achar um pedacinho, elogiem e deem carinho. Ao final da brincadeira, aumentem a festa pra passar a mensagem que não há mais nada para procurar.

Com a repetição e o uso de petiscos cheirosos, a tendência é que o cachorro passe a usar cada vez mais o faro e, assim, o desafio para as crianças será encontrar esconderijos mais difíceis como frestas de móveis, embaixo das almofadas do sofá e até em locais altos.

Então, boa diversão!

Leia também:

Ensinando o cão a brincar de frisbee

Crianças que cuidam dos pets

Ensinando o cachorro a sentar