Colunistas

Ensinando o cão a dar a patinha

(Foto: Getty Images)

Melhora a comunicação entre o pet e toda a família (Foto: Getty Images)

Um dos truques mais fofos que os cães podem aprender a realizar é dar a patinha. Não tem como não derreter de amor, não é mesmo?! E as crianças adoram! Ainda que este comando não tenha uma utilidade tão prática como o “fica”, por exemplo, o fato é que se dedicar a treinar o cãozinho faz muito bem para todos. Isso porque melhora a comunicação entre o pet e toda a família (inclusive com os pequenos), rende momentos de pura diversão e ainda deixa o peludo mais equilibrado. Então, vamos aprender?

Para começar, é preciso que o cão saiba sentar, comando que ensinei aqui. Depois que o mascote estiver sentando rapidinho (e permanecendo sentado por ao menos alguns segundos), escolha um local sem distrações, pegue o petisco preferido do bichinho e peça para ele sentar. Recompense normalmente.

Mostre ao cão que você tem um petisco na mão, mas logo depois a feche. Então, se posicione na frente do peludo e leve a mão até uma das laterais do rosto, logo abaixo do focinho. A intenção é induzi-lo a tentar abrir sua mão com a pata, então o instigue bastante.

Muitos cães instintivamente usam as patas para conseguir o que querem, por isso, pode ser que o seu mascote aprenda rapidamente. Se for o caso, assim que ele encostar a patinha na sua mão, elogio e solte a guloseima. Caso o pet tenha dificuldade, passa a elogiar e recompensar qualquer mínimo movimento da pata para cima, mesmo que não completo.

Se ele tentar abocanhar o snack, diga “não” e tente novamente.

Quando ele estiver acertando bastante, passe a fazer o movimento sem petisco e com a mão aberta, sempre recompensando no final. Só depois que ele estiver obedecendo o gesto, introduza o comando verbal, que pode ser “pata”, “patinha” ou “dá a pata”, por exemplo. A palavra deve ser dita um segundinho antes do gesto.

Ah, e lembre-se das palavras-chave do adestramento que devem ser explicadas para as crianças: paciência e repetição!

Leia também:

Cachorro e gravidez: como adaptar? 

Ensinando o cachorro a sentar 

Crianças que cuidam dos pets