Colunistas

Ensinando o comando fica para o cãozinho

Como podem imaginar, esse truque é extremamente útil em várias situações

(Foto: iStock)

Ensine seu pet a ficar no lugar por um tempo (Foto: iStock)

Algumas semanas atrás, escrevi uma coluna sobre como ensinar o cãozinho a sentar, um dos comandos mais importantes para a convivência com as crianças ser supertranquila. Afinal, isso ajuda a controlar o animalzinho e evitar pulos e interações ansiosas. Vocês treinaram bastante? Não deixem de enviar mensagens me contando como foi a evolução! E agora que tal aprendermos um truque novo? O escolhido da vez é o fica, que é exatamente o que o nome diz: fazer o pet ficar no lugar por um tempo, de forma calma, sem ansiedade.

Como podem imaginar, esse comando é extremamente útil em várias situações, como quando queremos evitar que o peludo entre ou saia de algum cômodo, quando precisamos de um tempinho para trocar a fralda do bebê sem que o mascote fique afoito por perto (quem tem cão sabe do que estou falando, rs) ou ainda quando os pequenos estão com a energia mais baixa e querem só ficar perto do pet recebendo carinho. Agora vamos lá?

Assim como no senta, também é preciso escolher um local sem muitos estímulos para começar e separar o petisco que ele mais gosta. Então, peça para o cão sentar, estique o braço e abra a mão, fazendo um gesto igual ao de “pare” e diga o comando fica com voz firme (para entender melhor, veja na foto acima). Conte alguns poucos segundos, elogie e dê a recompensa. Vá aumentando o tempo de permanência até chegar a 1 minuto ou o cão relaxar a ponto de deitar.

Para evoluir, comece gradualmente a se afastar. Se você iniciou o comando ajoelhado, simplesmente se levante. Se já começou de pé, dê um passo para trás e vá aumentando essa distância bem aos poucos. Tente fazer também sem contato visual e com estímulos por perto, como brinquedos e comida. E por último, experimente sair do ambiente. Mas tome cuidado para não ultrapassar o limite do cão e fazê-lo errar! Não hesite em regredir os passos se for preciso. Lembre-se que as sessões devem ser rápidas e divertidas para o cãozinho absorver de verdade o aprendizado. Cães são como crianças: perdem o foco rapidinho, por isso, planeje os treinos com paciência e não deixe de pedir ajuda da família toda!

Neste vídeo, eu e meu pet Tarantino mostramos melhor como ensinar esse novo comando. Bom treino e até semana que vem!

Leia também:

É possível adestrar gatos?

Crianças que cuidam dos pets

Ensinando o cachorro a sentar