Boa Notícia

Aumenta a taxa de doadores de órgãos no Brasil

A Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos aponta crescimento nos doadores efetivos

A REDAÇÃO PAIS&FILHOS

coracao-gA taxa de doadores cresceu 11,8% no último ano. É o que mostra uma pesquisa da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO), que mostra que os doadores efetivos voltou a crescer de forma significativa nos últimos semestres.

Atualmente, no Brasil, de cada 100 famílias, 43 recusam fazer a doação. A situação é melhor no Sul, os Estados do Paraná e de Santa Catarina tem uma recusa de apenas 22%, 2% a mais do que em países mais desenvolvidos, como Estados Unidos e Austrália.

O crescimento foi maior nos transplantes de rim, fígado e córneas. Em contrapartida, ocorreu redução nos transplantes de coração (-3,6%), pulmão (-6,5%) e pâncreas (-6%).Neste mês de setembro, a ABTO promove em todo o país a campanha Setembro Verde.

O mais difícil na doação de órgãos é a recusa da maioria das famílias. O Setembro Verde visa conscientizar a população e estimular a doação. 22 estados já aprovaram o projeto de lei que institui o Setembro Verde. Isso faz com que haja a distribuição de folhetos, eventos em agradecimento aos doadores, entre outros.

Informações retiradas do site Só Notícia Boa

Leia também:

Nasce segunda filha de Eliana, Manuela

Eliana posta a primeira foto com a filha Manuela

Aprenda a interpretar os sinais do seu bebê

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não