Boa Notícia

Chega de plástico: empresa cria sacola de mandioca que se dissolve em água morna

A sacola é feita de amido de mandioca e totalmente biodegradável

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

avanieco

Foto: Divulgação

Já pensou poder chegar do mercado e dissolver as sacolinhas em água morna? Calma, não estamos loucos. Essa é a mais nova invenção da Avani Eco, uma empresa de Bali, na Indonésia, que tem como objetivo eliminar a poluição de plástico do mundo. E essa não é a primeira criação da empresa, eles já assinam itens como um canudo feito de papel e cera à base de plantas, e talheres e copos feitos com fibra de cana-de-açúcar. As sacolas são feitas de amido de mandioca, que é totalmente biodegradável e pode ser reciclada, além de dissolver na água morna.

Se por acaso ela parar na natureza, o dano que pode causar é mínimo, já que ela desaparece em poucos meses – bem diferente das sacolas de plástico comuns, que têm petróleo em sua composição e demoram centenas de anos para se decompor, isso sem falar que elas são perigosas para animais marinhos.

Se se interessou pela invenção do biólogo Kevin Kumala, a sacola pequena (para 3 kg) custa 405 rupias indonésias, o equivalente a R$1. Mas, os pedidos precisam ser superiores a 5 mil unidades. O valor do frete é negociado de acordo com destino e o meio que transportará a encomenda.

A iniciativa não partiu apenas do criador dos itens, o governo de Bali também está empenhado e pretende acabar com as sacolas plásticas até o final deste ano. Os moradores da ilha entraram na dança e criaram um projeto chamado “Bye Bye Plastic Bags” para ajudar na conscientização sobre o assunto.

Leia também

Boa notícia! Canudinho feito de gelatina pode substituir os comuns

Ponto pra eles: McDonald’s vai eliminar os canudinhos plásticos de suas lojas

Estamos caminhando! Senado aprova a proibição de plástico descartável no Brasil

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não