Boa Notícia

Menina que nasceu sem as mãos ganha pela segunda vez concurso de caligrafia

Essa história de esforço e determinação vai te deixar de boca aberta!

Gabrielle Molento

Gabrielle Molento ,Filha de Claudia e Pedro

(Foto: Reprodução Facebook/ @gcagators)

(Foto: Reprodução Facebook/ @gcagators)

Algumas histórias de superação deixam o nosso queixo caído. Esse é o caso da Anaya Ellick, uma menina de 9 anos que nasceu sem as duas mãos e ganhou pela segunda vez um concurso norte-americano de caligrafia. A estudante do colégio Greenbrier Christian, na cidade de Chesapeake, na Virgínia, ganhou esse ano o prêmio ‘Nicholas Maxim para Excelência em Caligrafia Cursiva’, por sua letra bonita. É pra se inspirar!

Anaya venceu outros 50 estudantes de diversas escolas americanas e junto com o certificado de proficiência e um troféu, a menina ganhou mil dólares – o que equivale a pouco mais de 3,7 mil reais. A primeira vez que ela ganhou o concurso foi em 2016, quando estava no primeiro ano da escola.

(Foto: Reprodução Facebook/ @gcagators)

(Foto: Reprodução Facebook/ @gcagators)

Muitos se perguntam “como ela consegue”? A estudante segura seu lápis com o braço direito e usa o cotovelo esquerdo para deixar a folha firme sobre a mesa. Anaya, que poderia usar próteses, decidiu não utilizá-las durante a prova. “Como não as queria usar (as próteses), começou a aprender muitas coisas sem elas, como escrever e desenhar”, contou a mãe, Bianca Middleton em entrevista para a WVEC-TV.

O colégio, onde Anaya estuda, parabenizou a garota na sua página do Facebook. “O merecido primeiro lugar de Anaya nos lembra o que a determinação e o trabalho duro podem alcançar. Estamos bastante orgulhosos dela e de suas realizações. Parabéns Anaya por sua conquista, você inspira a todos!”, diz a publicação.

Leia mais:

Boa Notícia: garota de apenas 9 anos é fera da programação de aplicativos

Boa Notícia: ONU nomeia Malala como mensageira da paz

Boa notícia: óculos tecnológico ajuda no tratamento de crianças autistas