Criança

3 dicas de ouro de uma educadora para fazer seu filho te ouvir na primeira vez que você fala

A americana Maggie Dent é escritora e educadora e mãe de quatro filhos

Samirah Fakhouri

Samirah Fakhouri ,filha de Rose e Fauzi

Ser mãe é um eterno desafio! (Foto: iStock)

Ser mãe é um eterno desafio, principalmente quando seus filhos ainda são crianças, muitas vezes não te ouvem ou fazem birra e as mães encontram-se naquela fase que o filho não a escuta e ela sente a necessidade de pedir diversas vezes para que ele preste atenção ou obedeça. É uma batalha constante que pode ser muito frustrante para ambos.

Se você se identificou com essa situação, Maggie Dent, mãe de quatro filhos, educadora, autora de livros e youtuber tem algumas dicas úteis para as mães de meninos. Confira! 

1. O toque

De acordo com Maggie, as mulheres podem fazer diversas coisas ao mesmo tempo, pensar nos filhos, no marido, no trabalho, tudo junto e misturado. Entretanto quando se trata dos filhos, não é bem assim que funciona, não estamos o tempo todo conectadas ao que eles estão fazendo ou pensando pra podermos monitorar qual será nosso próximo passo. Aqui o jogo é ação e reação!

“Se você está preparando o jantar e seu filho esta assistindo TV sem prestar atenção aos seus pedidos ou na chamada para comer é porque quando somos pequenos, pensamos que os outros não estão falando conosco e do nada chegam brigando. Ou seja a desatenção das crianças é gigante quando focam em outras coisas com muita atenção!”.

Claramente, a frustração tem muito a ver com comunicação – ou falta de comunicação. Para fazer com eles prestem mais atenção, a Maggie diz que é tão simples quanto dar-lhe cócegas.

“Vá até o seu filho, dê-lhe um pouco de cócegas e diga que o jantar estará pronto em cinco minutos. Isso lhe dá a chance de processar sua solicitação”, diz ela.

2. Use menos palavras

Quando se trata de se comunicar com nossos filhos, Maggie diz que menos é mais.

“As mulheres amam as palavras e o que as pesquisas está nos mostrando é que os pequenos demoram um pouco mais com palavras. Meninos não têm muitas palavras sobre seus sentimentos ou o que está acontecendo, e esse é o caso especialmente quando queremos que eles falem agora. Os garotos levam muito mais tempo para pensar sobre o que poderia ter sido um momento difícil do que nós e, com frequência, as mães ficam imaginando por que não querem falar conosco sobre isso quando perguntamos.”

Então qual é a solução? Dê tempo a eles. Maggie recomenda você esperar para conversar depois, quando eles estão mais relaxando e em um espaço mais confortável. Ou como ela sugere, “Depois que ele tirou sua armadura”. Isso pode ser depois da hora do banho ou perto da hora de dormir.

O truque para fazer com que os meninos cooperem é usar menos palavras.

3. Mostrar

Finalmente, Maggie recomenda usar ações para ilustrar aos nossos filhos o que eles precisam fazer.

“Se você quer que seu filho se sente direito, não espere até que você tenha que pedir a ele pela terceira vez. O que eu sugiro é subir e pegá-lo por trás, colocando o sentado no assento e beijando-o na testa. Mostre a ele o que você precisa que ele faça, em vez de apenas contar para ele ”, diz Maggie.

No final do dia, Maggie diz que é sobre perceber que o estilo de linguagem e comunicação para meninos é diferente de mulheres ou meninas. “Lembre-se apenas de tocar seu filho, por mais brava que você esteja colocar ele no local que você quis e beijar-lhe a testa vai mostrar que é importante o teu pedido e por mais irritada que você esteja ainda o ama”, ela diz.

“É tudo sobre ter uma conexão suave e gentil. Desta forma, funciona muito melhor.”

Leia também: 

9 dicas que valem ouro para colocar o sono do bebê em dia

10 dicas da Super Nanny que vão te deixar mais confiante na hora de educar seu filho 

Fertilidade: 11 dicas para tentar em casa antes de procurar um médico