Criança

4 dicas para você mostrar ao seu filho que malcriação na sua casa não tem vez!

As boas maneiras são um hábito. Que tal começar a colocá-las na vida do seu filho?

Logo-Parents (1)
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: iStock)

(Foto: iStock)

As crianças podem nascer com várias habilidades, mas se comportar educadamente não é uma delas. Então está em você a responsabilidade de ensinar ao seu filho como se comportar na sociedade. Separamos algumas dicas para te ajudar nessa missão!

Observe suas maneiras

A palavra aqui é consciência. Por volta dos 18 meses, uma criança começa a entender que outras pessoas têm sentimentos como os dele, então é hora de começar a ensinar que o comportamento dela afeta os outros.

Boas maneiras são um hábito: “Comportar-se educadamente é um modo de vida”, diz Robin Thompson, profissional em etiqueta. “É importante começar o mais cedo possível, de modo que as boas maneiras se tornem algo que uma criança faz automaticamente, esteja ela em casa ou fora”.

O comportamento educado ajudará o desenvolvimento social do seu filho: as crianças não se sentem ofendidas quando um colega não diz “desculpa”, mas elas não apreciam o amigo que não consegue compartilhar os brinquedos.

Aprender boas maneiras é uma educação ao longo da vida: isso não acontecerá da noite para o dia e você precisa ir com calma. Tente introduzir uma nova habilidade social por mês e recompense-o com elogios.

Seu comportamento conta: ou seja, você quem passa o exemplo para o seu filho, então você deve mostrar que também é educada. Tente não expressar raiva na frente dele.

Consistência é importante: adquirir boas maneiras requer muita prática e reforço, portanto, certifique-se de que você e seu parceiro estejam encorajando (e desencorajando) os mesmos comportamentos. Se seu marido permitir que seu filho jogue comida durante as refeições e você não, seu filho ficará confuso.

4 maneiras básicas para ensinar

Na mesa

O que esperar: aos 3 anos, o seu filho poderá comer com uma colher e um garfo, permaneça sentado à mesa durante 15 a 20 minutos e use guardanapos.

O que fazer: durante a infância, ofereça ao seu filho sua comida em um prato pequeno e que não quebre; encoraje-o a usar seus utensílios; desencoraje-o a jogar comida, dizendo-lhe: “Nós não jogamos comida no chão. Se você não quiser mais, por favor diga ‘não, obrigado'”.

Por favor e obrigado

O que esperar: um bebê de 18 meses pode dizer as palavras, mas não necessariamente entender seu verdadeiro significado. Aos dois anos e meio, as crianças podem ligar a palavra ao conceito.

O que fazer: se seu filho não adquiriu o hábito, peça gentilmente para ele: “O que dizemos depois de ganhar um presente?”, por exemplo.

Compartilhar

O que esperar: por volta dos dois anos, uma criança começa a entender o conceito de compartilhamento e revezamento – embora ele não necessariamente goste de fazer isso!

O que fazer: incentive seu filho a compartilhar os brinquedos com os colegas e se divertir junto.

Pedir desculpas

O que esperar: embora um bebê de 18 meses tenha uma compreensão básica de empatia, ele não consegue entender por que deve pedir desculpas. Entre dois anos e meio a três, ele entenderá o conceito, mas pode estar muito envolvido em seus próprios assuntos para fazer isso sozinho.

O que fazer: quando seu filho pega um brinquedo de um amigo sem pedir, desencoraje o comportamento e faça-o pedir desculpas.

Siga uma rotina

As crianças pequenas se comportam bem quando estão descansadas e confortáveis. Planeje os horários para que as sonecas aconteçam.

Gentilmente, lembre-o do que ele deve fazer. Antes de ir, diga ao seu filho que ele tem que compartilhar e dizer “por favor” e “obrigado”.

Avise-o quando ele esquecer de ser educado. Se o seu filho pegar um lanche do anfitrião da festa sem pedir, por exemplo, diga: “Por favor, agradeça a Sra. Jones pelo lanche”.

Se o seu filho fizer um colega se sentir mal, diga: “Isso deixou seu amigo triste. Vamos pedir desculpas para que ele se sinta melhor”.

Leia também:

23 boas maneiras que todas as crianças deveriam saber

Bons modos? 3 dicas simples e essenciais para o seu filho aprender já!

25 gestos de boas maneiras que seu filho deve aprender

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não