4 passos práticos para ensinar seu filho sobre tolerância

A melhor forma de ensinar é sendo o exemplo

Aprendendo em casa ele irá aplicar em outros ambientes (Foto: Getty Images)

Exemplo é a base de tudo. É impossível negar que uma criança imita os gestos das pessoas ao seu redor, principalmente dos pais. Por isso, antes de qualquer coisa, entenda que a melhor forma de ensinar é fazendo.

-Publicidade-

Tolerância é um conceito difícil de explicar até para um adulto, então imagina para uma criança. Mas você precisa fazer isso e quanto antes começar, melhor.

Tolerar é reconhecer o espaço do outro, aceitar o convívio em grupo e opiniões diferentes, independentemente de concordar ou não com aquela visão. Assim, é um exercício que nunca acaba.

-Publicidade-

Seguir esse caminho significa desenvolver outras habilidades, porque uma pessoa tolerante, antes de tudo, é empática, respeitosa e consciente. E onde ela irá aprender a ter esses hábitos? Dentro de casa.

“É importante conversar com seu filho sobre esse assunto, explicando que a tolerância é baseada na compreensão do outro e, mesmo que discorde de sua opinião, podemos continuar gostando da pessoa”, aconselha Josiane Olivo Arruda, orientadora pedagógica do Colégio Marista Frei Rogério.

Mas isso não basta. Atitudes irão reafirmar esse aprendizado para que ele entenda que no dia a dia. Então, se você quer que seu filho seja tolerante, é preciso que você também seja.

Encare a maternidade como uma chance de buscar melhorar. Querendo a melhor versão do seu filho, você precisa ir atrás da melhor versão de si mesma. E isso não é fácil, mas é possível.

Para Josiane, os filhos tendem a reproduzir as suas ações diante de alguma situação e por isso ela dá quatro dicas de como as crianças podem lidar com o outro:

  • Dê o exemplo. Mostre que você sabe lidar com opiniões contrárias as suas, com maturidade e respeito
(Foto: Getty Images)
  • Ensine empatia. É fundamental ajudar as crianças a se colocarem no lugar do outro e a entenderem que há pensamentos distintos.
(Foto: Getty Images)
  • Lembre-se de situações de tolerância. Conte aos seus filhos sobre algum momento em que lidou com o diferente de forma tranquila e natural.
(Foto: Getty Images)
  • Faça reflexão. Proporcione a chance de as crianças refletirem sobre a razão de tratar todos com respeito, independentemente de suas concepções.
(foto: getty)

Assim, a especialista incentiva que você coloque seu filho em convívio com outras pessoas que têm opiniões diversas. Dessa forma, ao invés da repulsa, ele irá nutrir a curiosidade pelo outro.

Com essa base dentro de casa, a criança irá repetir esses comportamentos em outros ambientes, de forma natural, e terá consciência da importância de lidar com respeito frente as diferenças.

Leia também:

Crianças dão show de tolerância

Sobre preconceito, respeito, cidadania e educação

Bom exemplo é a melhor forma de educar

-Publicidade-