Criança

5 mitos sobre xixi na cama esclarecidos

E sem julgamentos! Seu filho, com certeza, tem vergonha disso

Logo-Parents (1)
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

kids-feet-and-pee-in-a-mattresslittle-girl-feet-and-pee-in-bed-sheet-picture-id918342086

(Foto: iStock)

Alguns pais acham o fato do filho fazer xixi na cama embaraçoso, e isso é compreensível, mas também pode ser um problema. O tabu criado em cima dessa situação leva à desinformação que pode dificultar um diagnóstico preciso. É hora de esclarecermos algumas coisas.

Mito 1: “Outras crianças não fazem isso”

Isso faz com que a criança pense que é o único a ter esse problema, quando na realidade 20% das crianças de 5 anos fazem xixi na cama. Cerca de 50% dos meninos e meninas que molham a cama têm uma mãe ou um pai que também fazia isso na infância. Muitos pais estão envergonhados de compartilhar sua história, mas talvez isso possa confortar o filho frustrado.

O tempo proporciona uma cura para quase todos, mas é impossível dizer quando isso acontecerá para qualquer criança. É por isso que você deve esperar até seu filho queira trabalhar no problema para tratá-lo.

Mito 2: “As crianças que molham a cama são muito preguiçosas para se levantar”

Pelo contrário, as crianças que fazem xixi na cama geralmente sentem vergonha pelo hábito e estarão dispostas a fazer qualquer coisa para não fazer mais. Nunca o puna por ter feito xixi na cama.

Mito 3: “Eles têm bexigas fracas”

As crianças com esse problema muitas vezes têm uma bexiga menor, não mais fraca. A questão real, na maioria das vezes, é ela conseguir acordar do sono. As crianças que ficam a seco durante a noite acordam com mais facilidade à medida que a noite avança, enquanto que, para as outras, torna-se cada vez mais difícil à medida que as horas passam. Para ajudar seu filho a aprender a se levantar e fazer xixi no meio da noite por conta própria, alguns especialistas sugerem acordá-lo no meio da noite para ver se funciona.

Mito 4: “Fazer xixi na cama é um problema comportamental, não médico”

Pode ser um sintoma de uma série de condições de saúde, incluindo infecções do urinárias e doenças dos rins e sistema endócrino que aumentam a produção de urina. Uma vez que você descobre o problema com seu pediatra, ela provavelmente coletará uma amostra de urina para detectar essas condições. Alguns problemas decorrem de problemas físicos próximos da bexiga, como adesões labiais (uma pele que pode fechar a abertura da vagina) ou refluxo vesico ureteral (um fluxo anormal de urina da bexiga em volta dos tubos que conectam os rins à bexiga).

Também é possível que seu filho tenha um problema médico que quase não tenha nada a ver com o trato urinário como a apneia do sono – quando a respiração de uma criança pausa periodicamente, muitas vezes porque ela tem amígdalas ou adenoides aumentadas – que pode causar enurese e deve ser considerada na avaliação médica de cada criança.

A constipação também frequentemente leva a problemas urinários: se uma massa de fezes cresce suficientemente grande, pode empurrar a parte de trás da bexiga, provocando espasmos da bexiga. Isso pode fazer com que uma criança faça xixi nas calças de dia ou de noite. Além disso, os nervos que controlam a bexiga e o reto estão entrelaçados, portanto, segurar fezes pode afetar o controle da bexiga da criança. Felizmente, identificar e tratar a constipação ao fazer certas mudanças na dieta e usando amaciantes de fezes pode ajudar a resolver.

Mito 5: “Eu preciso resolver esse problema logo!”

Até que seu filho tenha pelo menos 6 anos de idade, a única coisa que você deve fazer é tranquilizá-lo que é perfeitamente normal, você não está brava com ele e que ele vai superar isso. Depois disso, você pode conversar com o seu pediatra para excluir outros problemas médicos e começar a considerar os ajustes em sua rotina. Enquanto isso, mantenha sua preocupação sob controle e compre uma proteção de colchão ou pijamas à prova d’água.

Leita também:

Até quantos anos fazer xixi na cama é normal?

Você também está na luta contra o xixi na cama do seu filho?

Xixi na cama após o desfralde: por que isso ocorre?

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não