Criança

7 formas de ensinar seu filho a arte da conversa

Você pode ajudar - e muito - nessa tarefa

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: iStock)

(Foto: iStock)

O filho de Lana Hallowes, de 4 anos de idade, não gostava muito de conversar. Embora ele pudesse ser bem tagarela quando o assunto era de seu interesse, às vezes a mãe se sentia falando como uma parede. Ele tem autismo leve, então esse tipo de comportamento é esperado, mas para conseguir conversar melhor com ele, Lana e seu filho tiveram que aprender a arte da conversa.

Um dos ensinamentos de Lana, por exemplo, é dizer para o filho “você precisa responder quando alguém fala com você, mesmo que você não goste do assunto que estão falando”. Ela percebeu que precisava começar ensinando a regra básica de conversação: que não é certo ignorar as pessoas.

Aqui estão alguns outros ensinamentos que essa mãe tem usado e que podem ajudar você com seus filhos também, afinal, dominar a arte da conversação é uma habilidade essencial.

1. Olhe para as pessoas enquanto conversa

Enquanto algumas crianças fazem isso naturalmente, outros precisam ser ensinados. Parabenize seu filho quando ele fizer um bom contato visual enquanto conversa, e certifique-se que você mesmo faz isso mesmo quando conversar com ele.

2. Ligue seus olhos para ver e seus ouvidos para ouvir

Quando precisar chamar a atenção do seu filho, peça para ele “ligar os ouvidos para escutar” e então olhe em seus olhos enquanto fala e peça para ele te mostrar que está te ouvindo olhando nos seus olhos também.

3. Cada um tem sua vez de falar

Ensine para seus filhos que, em uma conversa, todos podem falar, mas cada um tem a sua vez. Explique que não é certo sair atropelando a pessoa com quem você está conversando. Uma maneira divertida de ensinar isso é usar algum objeto, como uma bola. Durante uma conversa, passe a bola entre as pessoas e então quem está com a bola está na sua vez de falar. Jogos como este ensinam as crianças a esperar a sua vez.

4. Ensine o poder do “Com licença”

Iniciar uma frase com “com licença” ajuda as crianças a terem atenção dos demais ao iniciar uma conversa. Essa pode ser uma boa tática – e realmente funciona.

5. Não dê respostas monossilábicas

As crianças às vezes precisam aprender a dar repostas mais completas do que apenas uma palavra. A melhor maneira de incentivar seu filho a aumentar suas frases e usar seu vocabulário maior é justamente fazer perguntas que exijam mais do que uma única palavra como resposta.

6. Converse com adultos também

Muitas vezes as crianças pequenas são tímidas demais para falar com adultos, mas incentive seu filho a conversar com um vizinho ou com alguém por telefone. Isso vai ajuda-lo a aprender a conversar sem ter você como muleta.

7. Conte histórias

Aprender a perguntar e responder é uma coisa, mas capacidade de contar uma história do início ao fim requer várias habilidades. Isso inclui sequência, linha de raciocínio e muito vocabulário. Ensine seu filho a contar histórias contanto para ele o máximo de histórias que VOCÊ puder.  Podem ser apenas coisas do dia a dia, tipo como foi o trânsito até o trabalho. Compartilhar as suas histórias com seu filho vai ajudá-lo a aprender a contar as suas próprias. Quando ele começar a fazer isso, preste muita atenção no que ele diz e, se precisar, ajude seu filho com uma palavra ou outra que ele esquecer.

Via Babyology

Leia também

37 perguntas divertidas para iniciar uma conversa com seu filho

Como falar com crianças sobre peso e saúde

5 frases impensáveis numa conversa com pais que ficam em casa