“A ficha ainda não caiu”, diz tio da criança que foi morta por mordida de pastor alemão

Fábio de apenas 11 anos faleceu em Belo Horizonte na última quarta-feira

Resumo da Notícia

  • Fábio de apenas 11 anos morreu por causa de uma mordida de pastor alemão
  • O cachorro estava sozinho no terreno da residência
  • Os familiares ainda estão devastados com o acidente

Um menino de 11 anos morreu devido a uma mordida de pastor alemão que levou. Fábio, 11, morava no bairro Boa Esperança, em São Joaquim de Bicas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O tio do menino, Washington Garcia da Cruz, descreveu a vítima como doce, educado e muito amado na região.

-Publicidade-

“Muito difícil, né? A ficha ainda não caiu. Fábio era muito inteligente, muito educado e querido no bairro. A gente está sem acreditar. Só Deus mesmo”, lamentou o tio ao G1. Washington disse ainda que o irmão dele, pai da vítima, e a mãe estão “muito abalados e abatidos” com a morte do filho.

O pai foi quem encontrou o corpo do filho na região. O homem de 31 anos disse aos militares que o filho costumava chegar da escola no horário de 17h30, no entanto, não apareceu em casa. Devido à demora, ele decidiu sair para procurar pelo menino pelas ruas próximas à casa.

Local onde aconteceu o acidente
Local onde aconteceu o acidente (Foto: Reprodução/Manoela Borges/ TV Globo)

Foi quando o pai percebeu que havia o corpo de uma criança caída no chão, já sem vida, em frente à casa onde mora a tutora do cachorro. Ao se aproximar, viu que a vítima era seu filho de 11 anos. O pai chegou a acionar a PM e o Samu, mas os médicos constataram o óbito da criança ainda no local. O corpo foi levado pelo rabecão ao IML de Betim.

Segundo os bombeiros, o cachorro estava sozinho no terreno, e foi encontrado perambulando pela rua quando atacou o menino. O animal mordeu o pescoço do menino e arrancou suas partes íntimas. O óbito foi confirmado já no local. A filha da tutora, uma jovem de 25 anos, contou que a mãe estava viajando e que a residência estava desocupada.

Segundo o relato da jovem, a mãe havia pedido para Fábio tomar conta do pastor alemão enquanto ela estava viajando. A polícia ainda está investigando o caso e a corporação disse que o corpo da criança foi liberado para um familiar, no início da tarde da última quinta-feira (16), “e os trabalhos de polícia judiciária prosseguem”.

“O corpo da criança, de 11 anos, foi removido ao Posto Médico Legal em Betim, onde foi submetido a exames. Tanto as testemunhas quanto a dona dos cães e familiares da vítima serão ouvidos. A investigação tramita na Delegacia de Polícia Civil em São Joaquim de Bicas”, disse ainda.