Ashton Kutcher salva mais de 6 mil crianças da exploração infantil: “O direito de felicidade é violado”

Ele tem uma ONG que usa a internet para proteger meninos e meninas

Ashton tem uma ONG para salvar crianças do abuso infantil (Foto: Reprodução/Nation )

Ashton Kutcher, pai de Wyatt e Dimitri, está cada vez mais, mais envolvido com a ideia de proteger crianças da exploração sexual e do tráfico internacional. O ator, produtor e roteirista tem uma fundação chamada “Thorn” e com ela já conseguiu impedir que 6.000 crianças fossem vítimas de exploração sexual na internet.

-Publicidade-

Ele deu uma entrevista ao Nation e falou um pouco mais sobre isso. Afinal, além de prevenir as 6000 crianças, a organização também conseguiu resgatar 103 crianças que já estavam sem situação de abuso. Ashton disse que uma das estratégias é realmente usar a internet contra a internet.

“O que fazemos em nosso núcleo é construir tecnologia para ajudar a combater a exploração sexual de crianças. Você pode arregaçar as mangas e tentar ser como um herói e salvar uma pessoa, ou pode construir uma ferramenta que permita a uma pessoa salvar muitas pessoas”, disse o ator.

-Publicidade-

O ator também disse que a Thorn recebe ajuda de mais de 25 empresas como Google, Facebook e Microsoft e que, juntos, conseguiram derrotar mais de 6.608 criminosos e fizeram com que mais de 140.000 mil pessoas procurassem ter mais informações sobre exploração sexual infantil.

Para Ashton Kutcher, livrar uma criança do abuso sexual está diretamente ligado de garantir que ela tenha acesso ao direito de ser feliz. “Eu acho que cabe a nós como cidadãos desta nação, como americanos, conceder esse direito aos outros e ao resto do mundo. Mas o direito de buscar felicidade para muitos é eliminado: é violado, abusado, tomado pela força, fraude ou coerção. É vendido pela felicidade momentânea de outro”, disse.

Leia também: 

Atenção! Vídeo explica para as crianças a diferença entre carinho e abuso sexual 

Menina de 11 anos denuncia avô por estupro após palestra sobre abuso sexual na escola 

Mãe é acusada de abuso infantil por causa de uma foto: “Não tem desculpa”

-Publicidade-