Criança

Aula de música é importante, sim! E a gente pode provar

Além de melhorar a autoestima, tocar um instrumento também faz com que a criança seja mais paciente

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

little-girl-playing-guitar-at-home-picture-id582310080

(Foto: iStock)

Entre aulas de educação física e artes, a programação do seu filho na escola é cheia de atividades divertidas. Se você está em dúvida se deveria aumentar essa lista com aulas de música, temos ótimas notícias: os benefícios são enormes!

Talvez seu filho não seja o próximo Beethoven, mas a música pode fazer com que ele tenha boas maneiras, facilidade para aprender matemática e consiga até se tornar um atleta com mais facilidade. Vem ver:

1. Melhora as habilidades acadêmicas 

Música e matemática estão superligadas. Entendendo a batida, o ritmo e as escalas, as crianças aprendem como dividir, criar frações e reconhecer padrões. Conforme as crianças crescem, elas começam a recitar músicas, recorrendo à memória de curto prazo e, eventualmente, à memória de longo prazo. Além disso, as aulas de instrumentos musicais também podem introduzem crianças pequenas a alguns conceitos básicos de física.

2. Desenvolve habilidades físicas 

Alguns instrumentos ajudam as crianças a desenvolver habilidades de coordenação motora, já que eles exigem movimento das mãos, braços e pés. Isso pode preparar as crianças para outros hobbies, como dança e esportes.

3. Cultiva habilidades sociais 

As aulas em grupo exigem interação e comunicação, o que incentiva o trabalho em equipe, pois as crianças devem colaborar para criar uma música em conjunto. Se uma criança estiver tocando uma flauta muito alto, por exemplo, ela precisará diminuir o volume para se ajustar ao restante do grupo.

4. Aumenta a disciplina e a paciência

Aprender a tocar um instrumento requer muita atenção e dedicação das crianças. Elas podem precisar de meses e até anos de prática para conseguir atingir metas específicas, como se apresentar em uma banda na escola, por exemplo. As aulas em grupo também melhoram a paciência do seu filho, já que as crianças devem esperar sua vez de tocar individualmente – e com isso, aprendem a respeitar os colegas.

5. Aumenta a autoestima 

As crianças podem aprender a aceitar críticas construtivas. Transformar um feedback negativo em uma mudança positiva ajuda a construir auto-confiança.

6. Introduz crianças a outras culturas 

Ao aprender e tocar uma variedade de instrumentos, a criança pode descobrir como a música tem um grande papel em outras culturas. Isso promove uma mente aberta em relação aos mundos e tradições além daquelas que eles conhecem.

Como escolher o instrumento certo?

O instrumento que você e seu filho devem escolher depende de vários fatores. Separamos uma lista de perguntas a serem consideradas:

– Seu filho está animado com o instrumento? Ele realmente quer tocar?

– O temperamento do seu filho combina com o instrumento?

– Você pode pagar o instrumento e a manutenção dele?

– Como pais, vocês gostam do som o suficiente para ouvir seu filho praticar por horas em casa?

Após responder essas questões, está na hora de resolver qual instrumento comprar para o seu filho e começar a praticar!

Leia também:

5 instrumentos musicais que você pode fazer em casa

O poder da música: cantar com seu filho fortalece o relacionamento entre vocês

Estudo aponta que ouvir música aumenta criatividade