Babá decide chamar a polícia após sofrer “golpe” de família

O rapaz de 18 anos não sabia o que fazer quando se deparou com uma casa vazia e duas crianças sozinhas para cuidar em pleno dia de Ação de Graças

Resumo da Notícia

  • Rapaz de 18 anos era conhecido por cuidar de crianças na cidade em que morava
  • Uma família faz um convite para que a babá passasse o Dia de Ação de Graças com ele
  • Quando ele estava distraído, os pais saíram e deixaram 2 crianças com ele, sem avisá-lo
  • A babá precisou chamar a polícia
O rapaz sempre cobrou barato porque gostava muito do trabalho (Foto: reprodução/ Getty Images)

Um rapaz de 18 anos que sempre amou cuidar de crianças estava ficando conhecida na cidade em que mora por prestar o serviço de babá. Ele já tinha alguma experiência por cuidar dos próprios irmãos mais novos e sempre acabava cobrando muito barato pelo trabalho. Cerca de 8 reais por hora. Até que uma família se aproveitou da generosidade.

-Publicidade-

“Eu voluntariamente presto meus serviços de forma barata (usarei os dólares da moeda para colocar em perspectiva para a maioria de vocês) aproximadamente 2 ou 3 dólares por hora, às vezes até de graça. Os pais/responsáveis ​​sempre ficam surpresos e surpresos quando voltam para ver tudo em perfeitas condições, e mais ainda quando eu lhes digo o preço. Eles geralmente oferecem mais, mas eu rejeito porque gosto de trabalhar com crianças ”, contou.

Segundo o site Little Things, uma das famílias o tratava muito bem e resolveram chamá-lo para o jantar de Ação de Graças. Ele não quis fazer desfeita do convite e resolveu aceitar, já que eles sempre o chamavam para cuidar das crianças, acreditou que seria divertido.  A família afirmou que era o mínimo que poderiam fazer por ele.

-Publicidade-

“Não celebro o Dia de Ação de Graças, mas não queria ser rude com a oferta gentil e decidi que iria. Eu dirigi até lá e estávamos nos divertindo comendo e conversando. Meus pais ligaram para me verificar, então eu pedi licença para sair da sala e fazer uma ligação rápida com eles e sair”, contou.

O convite tinha sido, na verdade, para que ele cuidasse das crianças em pleno feriado norte-americano, sem perguntar se era viável. Ele tinha deixado de passar o dia de folga com os colegas para fazer uma visita. Parece que os planos dos amorosos patrões eram outros.

    -Publicidade-