Busca ativa: São Paulo vai vacinar alunos contra covid-19 nas escolas municipais

Uma busca ativa feita pela Secretaria da Saúde da cidade de São Paulo visa vacinar todas as crianças que ainda não foram imunizadas

Resumo da Notícia

  • A crianças de 6 a 11 anos irão se vacinar nas escolas a partir desta segunda-feira
  • Uma busca ativa será feita pela a Secretaria da Saúde da cidade de São Paulo
  • Os pais deverão assinar um termo de consentimento

Uma busca ativa irá começar a ser feita pela Secretaria da Saúde da cidade de São Paulo nesta segunda-feira. Todas as escolas municipais irão entrar no novo modelo, onde crianças de 6 a 11 anos devem ser vacinadas com pelo menos a primeira dose do imunizante.

-Publicidade-

Segundo a prefeitura, as unidades de saúde de cada bairro, junto com as escolas, fazem o agendamento das ações de vacinação, que começa nesta segunda (21). Se necessário, cada escola pode ter mais de um dia de campanha. A vacinação deve ocorrer no horário de início das aulas e 30 minutos antes do término de cada período.

A vacinação infantil contra a covid-19 irá ser feita também nas escolas
A vacinação infantil contra a covid-19 irá ser feita também nas escolas (Foto: reprodução/ Getty Images)

Ainda segundo a prefeitura, a própria escola deve entregar os termos de consentimento aos pais ou responsáveis pelos alunos, indicando a data e horário da ação. A proposta faz parte da ‘Semana E’, criada pelo governo estadual com o objetivo de acelerar a imunização infantil e reduzir o número de adolescentes “faltosos”, ou seja, que já cumpriram o intervalo obrigatório entre doses, mas não retornaram aos postos de vacinação da capital para completar o esquema vacinal básico contra a Covid.

A ação contará com a participação de técnicos da Vigilância em Saúde da secretaria municipal, que são aptos para fazer a aplicação dos imunizantes. Crianças com 5 anos e imunossuprimidos devem ser vacinados com a Pfizer pediátrica. Nas faixas etárias de 6 a 11 anos pode ser aplicada também a CoronaVac.