Cadeira de estudos: a postura tem tudo a ver com o desempenho escolar

Oferecer materiais e estruturas para o seu filho estudar pode fazer toda a diferença durante o ano letivo

Resumo da Notícia

  • Os estudos online merecem atenção esse ano
  • Por isso, vale a pena investir em uma estrutura boa para o seu filho
  • As cadeiras, por exemplo, podem impactar diretamente no aproveitamento das aulas

Com o retorno das aulas, é fundamental garantir uma boa estrutura para o seu filho não apenas começar mas seguir por esse ano aproveitando ao máximo os estudos. E por incrível que pareça um acessório tão básico quanto a cadeira pode fazer toda a diferença nesse momento.

-Publicidade-
Um ambiente preparado para os estudos faz toda a diferença (Foto: Getty Images)

O desempenho pode ser afetado em mais de 50% se a criança não estiver com uma postura correta. Ou seja, em 6 horas de aula, apenas 3 horas são realmente aproveitadas. Por isso, vale a pena investir em um material confortável e seguro para que esse período em casa gere bons frutos.

Mais dicas para aprimorar a aula online

Mas não é só isso que os pais podem fazer para colaborar com os estudos dos filhos. Pensar no todo pode ser uma ótima opção e surtir vários efeitos. Confira alguns pontos para ficar atento e melhorar a qualidade dos estudos online:

-Publicidade-

Crie um ambiente de estudos

No início da pandemia, as adaptações para a casa foram feitas no susto, criando apenas um espaço improvisado. Agora, vale a pena investir em algo mais. Crie estações para trabalhar e estudar em espaços silenciosos, para evitar estresse e distração. Caso tenha um quarto de hóspedes, pode ser uma excelente saída. E lembre-se: cadeira e mesa são fundamentais, nada de estudar no sofá.

Não deixe a atividade física de lado

É muito importante fazer o possível para manter as crianças envolvidas em atividades divertidas e que envolvam alguma movimentação, já que isso também se refletirá em outras áreas do conhecimento. Pode ser algo como ioga ou até caminhada diária. A tecnologia veio para ajudar, mas não pode substituir esses momentos.

Diálogo, sempre!

Converse com o seu filho, ouça como ele se sente, mostre interesse. Isso irá ajudá-los a se sentirem mais calmos e confiantes, para também iniciarem outras conversas quando sentirem necessidade. O apoio da família é fundamental em um período de incertezas.

-Publicidade-