Criança

Chega de birras! 4 dicas simples para te ajudar nessa fase

As transições não são fáceis para crianças, mas você não precisa se desesperar também

Logo-Parents (1)
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

angry-child-picture-id155327675

(Foto: iStock)

Você provavelmente já teve que tirar seu filho de um lugar ou coisa que ele ama – seja o parque, uma festa de aniversário ou o tablet – e isso causou indignação ou mesmo uma birra completa, não é? Isso é totalmente normal, já que as crianças têm problemas com transições. Mas é fácil para o seu filho filtrar suas ordens verbais, por isso separamos algumas dicas:

Ofereça avisos claros e simples 

Para ter certeza de que ele está prestando atenção às suas sugestões, avise-o várias vezes. Anuncie quando ele tiver dez, cinco, dois minutos e também na hora que acabar. Em vez de gritar do seu quarto, caminhe até ele, desça na sua altura, toque-o no ombro e olhe nos olhos dele para explicar a situação.

Se você está no parquinho, você pode dizer: “Você pode descer o escorregador mais três vezes e depois temos que ir”. Se for em casa, tente colocar uma música que seu filho goste e diga a ele que ele precisa ir ao carro até o final da música.

Faça um jogo 

Incorpore um pouco de diversão para ajudar o seu filho a esquecer de que ele está sendo interrompido do que ele está fazendo no momento. Um exemplo clássico dessa estratégia: “Vamos correr para a porta!”. Além disso, outra opção é começar um jogo bobo de perseguição.

Compartilhe qual será a próxima coisa que ele irá fazer  

Mude o foco da criança do fato de que uma atividade favorita está terminando e o que ele fará em seguida. Em vez de “é hora de desligar a TV”, você pode dizer: “você está pronto para ler esse novo livro?”. Se você está fora de casa, em algum shopping, por exemplo, você pode aliviar a angústia do fim do passeio com um consolo: “é hora de comermos um lanche. Vamos?”.

Mantenha a calma e seja simpática  

Se, apesar de seus melhores esforços, seu filho se recusa a ceder, basta dizer: “nós estamos indo agora” e envolvê-lo em seus braços e levá-lo embora. Mesmo que ele se contorça ou grite, fique calma. Perder sua boa vontade pode prolongar a birra. Reconheça os sentimentos dele dizendo algo como: “eu sei que você está triste por termos que dizer tchau para seu amigo, mas vamos nos divertir muito na casa da sua avó”. Em algum momento, o seu filho vai aprender a lidar com estas difíceis emoções e se acalmar.

Leia também:

Vai uma mãozinha