Ciência encontra um bom motivo para você deixar seu filho se sujar à vontade brincando

Eles descobriram que algumas bactérias podem ser anti-inflamatórias

Brincar na terra pode ser bom para o seu filho (Foto: Getty Images)

Você deixa o seu filho brincar com a terra e na areia? Todo mundo já ouviu que a criança tem que ficar exposta a ‘sujeira’ para criar anticorpos. Mas os cientistas acharam mais uma razão para você deixar o seu filho brincar sem culpa.

-Publicidade-

Um estudo apoiado pelo Instituto Nacional de Saúde Mental dos Estados Unidos e realizado na Universidade do Colorado, mostrou que é possível encontrar, em alguns solos, uma bactéria que possui uma gordura anti-inflamatória que pode trazer uma sensação de bem-estar em vários aspectos.

David Strachan, um pesquisador britânico, já tinha falado em 1989, que a obsessão do ser humano por limpeza poderia ter prejudicado o nosso sistema imunológico. E por isso, nos últimos anos, tem se discutido muito sobre fazer com que tenhamos um maior convívio com bactérias ‘do bem’.

-Publicidade-

Christopher Lowry, responsável pelo estudo da Universidade do Colorado, disse que realmente podem existir muitas bactérias promotoras da saúde em ‘sujeiras’ comuns da infância e que elas realmente podem oferecer certa proteção contra problemas físicos e mentais.

“A ideia é que, à medida que os seres humanos se afastaram das fazendas e de uma existência agrícola ou de caçadores-coletores para as cidades, perdemos contato com organismos que serviam para regular nosso sistema imunológico e suprimir inflamações inadequadas”, disse Christopher.

Ele também falou sobre as bactérias e como elas evoluíram para nos ajudar. “Quando eles são absorvidos pelas células imunológicas, eles liberam esses lipídios que se ligam a esse receptor e bloqueiam a cascata inflamatória”, encerra.

Leia também: 

“A brincadeira é a manutenção da vida”, diz diretora do filme Território do Brincar 

Vá brincar lá fora! 

Estudo comprova que o sono dos pais só volta ao normal após 6 anos do nascimento do filho 

 

-Publicidade-