Coronavírus: crianças são transmissores da doença mesmo sem apresentar sintomas

Especialistas especulam o porque das crianças não sofrerem graves consequências quando infectadas com o coronavírus, mas continuam sendo transmissoras da doença

Resumo da Notícia

  • Crianças são menos suscetíveis a apresentarem sintomas de coronavírus
  • Especialistas ainda não sabem o por que das crianças não apresentam sintomas
  • Apesar de não estarem com sintomas graves continuam sendo vetores

-Publicidade-

A situação de pandemia por conta do mais novo vírus que tem deixado populações do mundo inteiro preocupadas com velocidade que tem sido transmitido de pessoa para pessoa. No entanto com o aumento de pessoas doentes, as pesquisas tem mostrado que as crianças muitas vezes são assintomáticas e não entram nas estatísticas.

As crianças infectadas muitas vezes não sabem que estão doentes e por isso não chegam a ir para o hospital e serem examinadas. Apesar de cientistas ainda não conseguirem provar o porque das crianças não sentirem os efeitos do vírus, elas não deixam de serem vetores e o que tornou o ambiente escolar perigoso.

-Publicidade-

Ao redor do mundo escolas pararam o funcionamento por tempo indeterminado. No Brasil a situação não é diferente. Em São Paulo escolas e faculdades anunciaram que não vão ter aulas presenciais por até duas semanas, no Rio de Janeiro e Distrito Federal todas as escolas, tanto privadas como públicas, vão paralisar. O Ministério da Saúde divulgou um guia com recomendações para as secretárias de saúde estaduais, sendo uma delas a antecipação das férias escolares.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-