Criança de 10 anos faz pegadinha em avião e causa pânico nos passageiros; veja vídeo

A autoridades norte-americanas foram acionadas para resolver o caso. O menino causou polêmica ao enviar uma mensagem ao celular da tripulação do voo

Resumo da Notícia

  • Criança de 10 anos faz pegadinha em avião
  • A situação gerou polêmica entre os passageiros
  • O caso aconteceu durante uma viagem no voo da Alaska Airlines

Um menino de 10 anos assustou os passageiros do voo da Alaska Airlines, no último domingo, 6 de março, após fazer uma pegadinha informando que um sequestro havia ocorrido durante a viagem. A polêmica foi aumentando até descobrirem que o autor da história era uma criança.

-Publicidade-

O garoto havia enviado uma mensagem no celular dos passageiros por AirDrop, para “brincar” com as pessoas a bordo. A ferramenta permite que haja uma comunicação direta entre dispositivos da Apple.

Criança de 10 anos faz pegadinha em avião e causa pânico nos passageiros
Criança de 10 anos faz pegadinha em avião e causa pânico nos passageiros (Foto: Reprodução / The Mirror)

O avião estava fazendo o trajeto entre Seattle e Orlando, nos Estados Unidos. A polícia norte-americana foi mobilizada e já estavam esperando o avião se aterrissar no Aeroporto Internacional de Orlando para resolver o caso. No entanto, descobriram toda a verdade.

“Todos os passageiros estavam irritados, querendo a prisão dos responsáveis, mas então a família se levantou e foi a coisa mais triste. A mãe estava chorando: ‘me desculpem todos, me desculpem’. Então, em vez de furiosos, todos ficaram tristes por ela”, contou Ryan Pruitt, um passageiro que estava sentado à frente da família do menino.

A criança e toda a família foram escoltadas pelas autoridades locais e, em seguida, foram liberados. A companhia aérea emitiu uma nota sobre o ocorrido pedindo desculpas aos passageiros que estavam presentes no momento da ocorrência.

“O voo 14 estacionou remotamente por causa de uma ameaça potencial que, mais tarde, mostrou-se não crível. A polícia foi acionada e revistou a aeronave. O avião continuou até o portão e os passageiros desembarcaram normalmente. Levamos a segurança a sério e pedimos desculpas pelo inconveniente”, afirmou o comunicado.