Criança de 11 anos morre afogada enquanto brincava com amigos em rio

O caso aconteceu em Uruaçu em Goiás, e o corpo da menina foi encontrado 2 dias depois do afogamento

Resumo da Notícia

  • Uma menina de 11 anos morreu afogada na última sexta-feira
  • A criança estava com os amigos no rio quando o afogamento aconteceu
  • Segundo os Bombeiros o corpo da criança foi encontrado 2 dias após o acidente

Uma menina de 11 anos morreu afogada enquanto brincava com amigos no Rio Passa Três, em Uruaçu, no norte de Goiás. Segundo os Bombeiros, o corpo da criança foi encontrado 2 dias após o afogamento, graças a mergulhadores e drones que foram utilizados.

-Publicidade-

A menina foi encontrada sem vida na tarde do último domingo (6), por volta das 15h, a cerca de 4 km de onde foi vista pela última vez. Segundo os bombeiros, a criança desapareceu na última sexta-feira (4), depois de entrar no rio junto com mais cinco crianças e adolescentes, sendo o mais velho de 17 anos.

“Quando chegamos ao local, as crianças contaram que há 20 minutos, viram o momento em que o corpo dela afundou e depois sumiu dentro do rio”, informou a Tenente Graziella Carneiro, que estava à frente da ocorrência, ao portal do G1. Após ouvirem o relato das crianças, uma primeira equipe desceu o rio em busca da menina em até 3 km de onde ela teria desaparecido até o final da noite.

Os Bombeiros encontraram o corpo da menina 2 dia depois do afogamento
Os Bombeiros encontraram o corpo da menina 2 dia depois do afogamento (Foto: Reprodução/G1)

Sem sucesso, foi acionado um apoio náutico de Goiânia para retomar a procura durante a manhã com cinco mergulhadores em água e outros quatro em terra para apoio. De acordo com a Tenente Graziella, o corpo foi encontrado em um local de difícil acesso, cercado por pedras e barrancos altos que só pode ser acessado por água.

“As chuvas da região aumentaram o volume do rio, o que por consequência, aumenta o nível de profundidade deixando o local muito irregular. As pedras e a correnteza podem ter contribuído para o afogamento”, informou. A militar ressaltou ainda que durante o período de cheia de rios e córregos, é importante estar sempre com supervisão.

“Por favor, nesse período de cheia é necessário tomar cuidado. O principal, não vá sem supervisão ou adulto responsável. Quando entrarem na água, usem coletes ou cordas para que possam se segurar e assim conseguir fazer um salvamento rápido sem colocar a vida em risco”, orientou.