Criança

Criança de 5 anos morre no corredor do Hospital depois de 16 horas de espera

O caso aconteceu no Hospital Materno Infantil

Izabel Gimenez

Izabel Gimenez ,filha de Laura e Décio

Criança de 5 anos morre depois de 15 horas de espera (Foto: Reprodução / TV Anhanguera)

Na segunda-feira (25), Diogo, um menino de 5 anos portador de Síndrome do Down, foi levado ao centro de atendimento de Campinas depois de passar mal. De acordo com a nota da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o paciente foi atendido “com queixas de alergia e febre. O exame de sangue estava normal. Ele recebeu atendimento e foi medicado de acordo com o quadro clínico que se apresentou no momento”.

Diogo não melhorou, por isso, os pais decidiram voltar ao hospital na quinta-feira (28) e foi colocado em uma cadeiras de rodas, por conta da superlotação do local. A Secretaria de Estado da Saúde informou ao G1 que “a criança foi atendida e permaneceu nas cadeiras com a mãe, recebendo o tratamento prescrito e aguardando vaga em leito”.

Depois de horas de espera, a família não obteve resposta. “O quadro da criança evoluiu com muita gravidade não respondendo às manobras de ressuscitação na sala de reanimação, e às 13:55 foi constatado óbito”, explica ao G1.

Com mais de 15 horas, Diogo e sua família esperaram por um diagnóstico e ele faleceu sem resposta ainda no corredor do Hospital Materno Infantil. Um vídeo mostra o desespero da mãe do menino após saber da morte do filho: