Criança morre ao cair de carro em movimento durante viagem

O pai da menina de 7 anos acredita que ela tentou pular da janela antes do carro parar

Resumo da Notícia

  • Menina morreu ao cair do carro em que estava com sua família
  • Família estava aproveitando as férias em um acampamento na Austrália quando o acidente aconteceu
  • A garota não resistiu ao graves ferimentos

Uma menina morreu ao cair do carro em que estava com sua família. Segundo o site The Mirror, Kahleesi Roser tentou pular da janela para ser a primeira a abrir o portão durante viagem, mas acabou batendo a cabeça na roda do veículo que ainda estava em movimento.

-Publicidade-

O pai da garota de sete anos, Kim Roser, estava dirigindo o carro, mas parou imediatamente ao perceber que algo havia acontecido com sua filha. “As crianças entraram no carro e fomos buscar água e não sei o que aconteceu. Acho que ela tentou pular pela janela antes que o carro parasse para ser a primeira a abrir o portão”, relatou ele.

O pai solteiro está devastado com a perda da filha. (Foto: Reprodução / The Mirror)

A família estava aproveitando as férias em um acampamento na Austrália quando o acidente aconteceu. Dentro do carro, a irmã da criança e um amigo do pai estavam ao lado de Kahleesi. “Estaríamos nos 15 km/h, talvez mais devagar… minha filha de 13 anos estava sentada ao lado dela e meu amigo estava sentado lá também e eu o ouvi gritar Kahleesi. Eu olhei para trás, sai do carro e corri até ela. Ela tinha sangue saindo de suas orelhas e estava toda torcida. Não sei se a cabeça dela bateu na roda ou o que aconteceu”, relembrou o pai solteiro.

Kim explicou que pegou a filha no colou e foi o mais rápido possível buscar ajuda. Como a família estava sem sinal de celular e estavam muito longe da cidade, foi muito difícil encontrar ajuda. “Tudo o que eu podia fazer era segurar a mão da minha garotinha e olhar em seus olhos e dizer: Kahleesi, apenas olhe nos meus olhos. Eu te amo, você é uma menina grande. Você é forte, está tudo bem!”.

Apesar disso, eles conseguiram levar Kahleesi para a clínica mais próxima e depois ela foi levada ao Hospital Feminino e Infantil de Adelaide. Mesmo com a pressa da família, a menina não resistiu ao graves ferimentos.

“Somos apenas as crianças e eu. Eu estava com as crianças todos os dias da semana, a cada minuto. Kahleesi era a mais nova. Sua irmã era como uma mãe para ela. Elas dormiam juntos o tempo todo como melhores amigas. Também a afetou muito. Nós só queremos acordar desse pesadelo”, declarou Kim.

O pai da criança confirmou que os órgãos dela foram doados para salvar a vida de outras crianças. Ele ainda afirma que a menina com certeza gostaria que isso acontecesse: “Eu sei que é o tipo de pessoa que ela era e ela diria: pai, se eu puder salvar a vida de outras pessoas, faça isso”.