Criança refugiada tem uma reviravolta na vida após ganhar campeonato estadual de xadrez em Nova York 

Tani já mobilizou mais de 1.800 pessoas nas redes sociais

Tani ganhou o campeonato estadual com apenas 8 anos (Foto: Reprodução/Gofoundme Just Tani)

Um refugiado de oito anos, Tanitoluwa Adewum, é o mais novo campeão estadual de xadrez de Nova York. Tani, como é chamado pelos amigos, nasceu na Nigéria e já sofreu bullying por não ter dinheiro e ter que viver com a família em um abrigo para pessoas em situação de rua.

-Publicidade-

Tani começou a jogar xadrez há mais ou menos um ano e demonstrou certo talento para o esporte. A vitória no campeonato na categoria “jardim da infância” rendeu ao garoto, um troféu, um artigo no “The New York Times” e uma vaquinha de mais de 400 mil reais para ajudar a família.

O treinador do menino, Russell Makofsky, resolveu fazer uma campanha na internet para arrecadar o valor e mobilizou mais de 1.800 pessoas. Russell publicou uma foto do menino com o troféu na mão e escreveu: “Tani é só amor! Vamos mostrar o nosso coração e ajudar a família de Tani a conseguir um lar onde ele pode continuar sua jornada.”

-Publicidade-

A história do menino com o xadrez começou, segundo o Times, quando um professor foi contratado a ensinar xadrez para turma dele, em uma escola estadual. O menino já tem mais de sete troféus, de outras competições, além do campeonato estadual.

A mãe de Tani, Oluwatoyin, percebeu que o menino tinha gosto e talento pra o esporte e pediu que ele e fosse aceito para o clube de xadrez da escola. Foi Russell quem aceitou o menino, mesmo sem o pagamento da taxa de inscrição, a família não tinha dinheiro para isso.

Tani se dedica ao xadrez todas as noites, o pai empresta o único computador da família para que ele estude o tabuleiro e as jogadas. Aos sábados ele passa três horas nos treinos da equipe. Segundo o Times, a família fugiu da Nigéria por conta dos ataques aos cristãos, feitos pelo grupo extremista, Boko Haram, e ainda não possui documentos fixos de moradia.

O vídeo narra as conversas entre a mãe de Tani e o treinador sobre a inscrição do menino no clube de xadrez de Nova York.

Tani ficou muito famoso após ganhar o campeonato (Foto: Reprodução/Facebook Russell Makofsky)

Leia Também: 

Desenho de garoto brasileiro inspirado nos refugiados ganha menção honrosa da ONU

Treinamento intenso de esportes: é indicado para as crianças?

Em busca da escola perfeita

-Publicidade-