Criança se emociona ao descobrir que terá chuveiro com água quente pela primeira vez

Um vídeo circulou nas redes sociais onde mostra uma menina chorando ao descobrir que terá pela primeira vez, um chuveiro com água quente. A ação foi feita pela ONG Amigos do Bem, que ajuda diversas famílias no nordeste

Resumo da Notícia

  • Um vídeo que circulou nas redes sociais emocionou muitas pessoas
  • Uma menina chorou ao saber que terá um chuveiro com água quente pela primeira vez
  • A ação foi feita pela ONG Amigos do Bem, que ajuda diversas famílias no nordeste

Um vídeo que circulou nas redes sociais fez todos nós agradecermos por tudo que temos, e fazer uma reflexão sobre a vida. Uma menina chorou ao descobrir que teria pela primeira vez um chuveiro com água quente. A ação foi feita pela ONG Amigos do Bem, que ajuda diversas famílias no nordeste.

-Publicidade-

Há 29 anos, a ONG Amigos do Bem transforma vidas no sertão nordestino, levando educação, trabalho, acesso à saúde, água e moradia para milhares de pessoas. No vídeo, a criança assiste, com lágrimas nos olhos, o chuveiro elétrico ser ligado pela primeira vez em sua casa nova, para onde ela e sua família se mudaram recentemente. Ao ser questionada se gostou da novidade, ela se diz grata e vai às lágrimas.

A menina chorou ao ver o chuveiro com água quente pela primeira vez
A menina chorou ao ver o chuveiro com água quente pela primeira vez (Foto: Reprodução/Instagram @amigosdobem)

“Você agora tem o seu banheiro, para poder tomar o seu banho, de ter a sua água, viu?“, disse o voluntário. “Obrigada”, respondeu ela.  “A gratidão sincera abre portas para realizações muito maiores”, escreveu a ONG na publicação. E o trabalho não para, até aqui, a ONG já levou ajuda para mais de 10 mil crianças e jovens, de modo que eles possam continuar os estudos, e mais de 1.100 empregos foram gerados no sertão, levando renda e dignidade para centenas de famílias.

Em outra frente, voluntários perfuram poços artesianos, constroem cisternas e distribuem água com caminhões pipa. Também há mobilização para a construção de casas populares e a disponibilização de atendimento médico, odontológico e oftalmológico para milhares de pessoas.