Desconhecida soca criança de 2 anos por causa de birra e mãe faz desabafo: “Eu fiquei chocada”

Eles estavam fazendo compras no supermercado

(Foto: Reprodução)

Na última quinta-feira, 3 de maio, um caso que aconteceu na rede Kmart em Auckland na Nova Zelândia chocou a internet. Uma mulher desconhecida socou um menino de apenas 2 anos por ele estar chorando muito e fazendo birra, algo comum entre as crianças.

-Publicidade-

A mãe Rebecca desabafou em entrevista ao portal NZ Herald sobre o que aconteceu. Ela explicou que o dia de compras foi longo e que o menino estava cansado.  “Meu filho geralmente não faz isso, mas acho que começou a se estressar com a situação, devo admitir que foi um ataque de birra bem feio”.

A mulher de 60 anos tentou passar com o carrinho por cima do menino e a mãe, obviamente, ficou sem entender e muito brava com a situação. “Eu segurei o carrinho dela e perguntei o que ela estava fazendo. E ela disse: ‘Leve ele para casa! Fique quieto! Eu não vim aqui para ouvir isso!’. Todo mundo ficou surpreso com a situação e demorou para uma outra mulher vir me ajudar e dizer que eu era uma ótima mãe, que estava tudo bem”, relembrou.

-Publicidade-

Depois do ocorrido, a mãe foi embora, mas recebeu dicas de ir ver a câmera de segurança do supermercado para poder denunciar a mulher contra agressão. “Quando fomos no mercado assistir as imagens da câmera de segurança, eu percebi que de fato ela havia tentado jogar o carrinho contra meu filho”, contou. Foi só depois que ela foi embora novamente que Rebecca descobriu do soco, através de uma ligação de um dos funcionários do mercado.

“Ele me disse: ‘desculpe fazer isso, mas acho que é a coisa certa a se fazer. Nós vimos as imagens novamente e percebemos que a mulher na realidade deu um soco no seu filho enquanto você estava de costas’. Eu fiquei chocada quando ele me disse isso. Meu trabalho é proteger meus filhos, saber que alguém socou a cabeça do meu filho e eu não vi e não fiz nada para protegê-lo, é terrível”, disse.

Rebecca já está em contato com a polícia e eles estão tentando encontrar a mulher. O filho está bem, mas com dois galos por causa da agressão.

Leia também:

Saindo de fininho: vídeo de mãe escapando do quarto do filho vai fazer você gargalhar

Mulher ensina mães a bater em crianças e defende o uso da vara como castigo 

Um tapinha dói sim 

    -Publicidade-