Criança

Diversão virtual para pais e filhos

Conheça os lançamentos da Nintendo para jogar com a família toda - iStock
iStock

Publicado em 23/04/2015, às 19h24 - Atualizado em 18/11/2021, às 07h37 por Redação Pais&Filhos


Você sabia que, enquanto 90% das crianças brasileiras se divertem com jogos eletrônicos, 82% dos pais brasileiros jogam com seus filhos? Foi o que apontou uma pesquisa realizada pelas empresas Sioux, Blend e ESPM, em janeiro de 2015. Os pais que não gostam dos jogos eletrônicos como entretenimento para os pequenos, embora às vezes permitam que eles brinquem, representam 6% do total de entrevistados.

Esse passatempo em conjunto pode contribuir para a aproximação família. Para Marcelo Hodge Crivella, diretor executivo da RedZero (rede de escolas de game e entretenimento digital do Brasil) e formado em psicologia, independente da atividade, o tempo entre pais e filhos é muito importante. “Hoje em dia em que há um excesso de compromissos e as famílias tendem a se distanciar, a gente percebe que jogos são um prazer que eles estão começando a desfrutar em comum”, afirma.

Conheça os lançamentos da Nintendo para jogar com a família toda
Conheça os lançamentos da Nintendo para jogar com a família toda (Foto: iStock)

Porém, a supervisão é uma medida importante para os pais. 61% deles controlam o tipo de jogo com que as crianças brincam, e quase 50% se atenta ao tempo que a criança passa jogando. Para alguns pais, os videogames são vistos como vilões, incentivando uma vida sedentária e sem socialização.

Segundo Marcelo, o tempo adequado deve ser mensurado de forma que o videogame não seja um impeditivo para o desenvolvimento saudável da criança. Os games não devem tirar tempo dos estudos, do convívio social e das atividades físicas. Os pais precisam questionar o que aquele entretenimento representa na vida dos filhos. É um passatempo ou um substituto para fugir das outras tarefas? “Os jogos não podem colocar em risco essas outras áreas. Se você percebe que seus filhos estão passando mais de duas horas todos os dias, pode ser um alerta”.

Os pais que já haviam tido contato com os  games na infância apresentam aos filhos aos tipos de jogos que eles mais gostavam. Já os que não tinham contato com este tipo de passatempo, acabam sendo influenciados pelos jogos mais comuns desta geração. Mas, para agradar a todos, são indicados os mais intuitivos para crianças e que estimulem a competição saudável.

Consultoria: Marcelo Hodge Crivella, diretor executivo da RedZero, formado em psicologia e Business and Enterprise.


Palavras-chave
Tecnologia

Leia também

(Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Bruna Biancardi viaja com Mavie para Barcelona e se hospeda na casa de ex de Neymar

Registro feito por Ana Paula Siebert ao lado de Roberto Justus - Reprodução/Instagram

Família

Roberto Justus fala sobre desgaste no relacionamento com Ana Paula Siebert: “Ela odeia”

(Foto: Reprodução/Instagram) - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Virginia dá bronca em prima durante chá revelação: "Queria murrar a cara dela"

Fabiula Nascimento anuncia mudança em 'status de relacionamento': "O amor e o respeito continuam" - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Fabiula Nascimento anuncia mudança em 'status de relacionamento': "O amor e o respeito continuam"

Ticiane Pinheiro e família - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Ticiane Pinheiro fala sobre gravidez e chegada de segundo filho com César Tralli

O menino usou sandálias para ir para a escola - Reprodução/TikTok

Criança

Pai faz filho usar sandálias na escola após zombar de colega com tênis falso: “Lição de humildade”

Junior conta sobre intimidade após paternidade - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Junior diz que marca hora para ter relações sexuais e explica o motivo

Claudia Raia posta fotos com família - Reprodução/ Instagram

Bebês

Claudia Raia mostra festa luxuosa do filho e aparência de Luca chama atenção: “Nasceu pra brilhar”

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!