DPA 3: saiba todos os detalhes do novo filme dos Detetives do Prédio Azul

As gravações começaram no início de agosto e é claro que a gente foi conferir tudo de perto!

As gravações já começaram! (Foto: Izabel Gimenez / Pais&Filhos)

Notícia boa: DPA vai estar de volta nos cinemas! Os detetives mais famosos do canal Gloob fazem o maior sucesso desde a série e o filme não poderia ser diferente. O primeiro longa de “Detetives do Prédio Azul” levou mais de 1 milhão de pessoas no cinema e o segundo chegou a quase 1 milhão e meio. Agora, as crianças seguem para uma aventura congelante em direção ao fim do mundo.

-Publicidade-

As gravações de DPA 3 já começaram no 1° dia de agosto, no Rio de Janeiro, com a direção de Mauro Lima. Dessa vez, além de suas tradicionais capas e acessórios, os Detetives do Prédio Azul vão precisar de luvas, casacos e botas de frio para embarcarem em direção ao Ushuaia, na Patagônia, Argentina.

O filme será produzido pela Paris Entretenimento, com a coprodução do Gloob e da Globo Filmes. Vão ter novos participantes e personagens incríveis. Além dos já conhecidos e famosos Detetives, DPA3 vai contar com grandes atores como Lázaro Ramos, Alinne Moraes, Alexandra Richter, Klara Castanho e Rafael Cardoso. Alguma dúvida de que será um sucesso?

-Publicidade-
Lazaro Ramos vai ter uma participação especial no filme (Foto: reprodução / instagram)

Sobre as expectativas do filme, Mauro Lima diz que apesar de já conhecemos os personagens, as novidades são várias. Além das participações dos novos atores, o cenário do filme vai ser muito especial. “É um filme eletrizante, no estilo franquia hollywoodiano para crianças. Com muita magia e ação e o detalhe do Severino, que guarda uma surpresa muito legal”, conta em entrevista à Pais&Filhos.

Detetives do Prédio Azul 3 – Uma aventura congelante

A Pais&Filhos teve a chance de visitar o SET de gravações do novo DPA e conversar com os atores e com o diretor para conseguir conter a ansiedade e curiosidade até a data de estreia em junho do ano que vem! Os atores mirins fizeram questão de bater na tecla da importância dos vínculos que são criados durante as gravações. Apesar da rotina frenética, tudo fica mais fácil quando estamos na companhia de quem a gente gosta, né?

“Nas gravações a gente é bem de boa e bem amigos. A gente em alguma desavenças de vez em quando, mas isso é normal. Afinal, melhores amigos sempre brigam!”, conta Letícia Braga, atriz que interpreta Sol. Fora isso, o apoio dos pais é essencial e as famílias estão sempre presentes para ajudar. “Quando eu comecei, a pessoa que mais me apoiou foi a minha mãe. Ela está sempre comigo e está sempre comigo. É ela que me dá conselhos, me ajuda. Assim como meu pai e meu padrasto, que são muito importantes tanto na carreira, quanto na vida pessoal”, completa.

(Foto: reprodução / instagram)

Anderson Lima, o ator que interpreta Bento, afirma que o amor da vida real, aparece nas telas do filme. “Como a gente está aqui desde criança, o apoio dos nossos pais é fundamental. Nada disso é possível sem eles, é um apoio que se faz necessário e o DPA fala muito sobre isso, já que passa uma mensagem linda, principalmente sobre amizade, família e a relação pai e filho. A gente sempre tenta passar isso para as crianças”.

Pedro Henrique, Pippo em DPA, continua o assunto e explica um pouco mais sobre a importância do longa. “O filme prega muito sobre o conceito da família e questiona isso. Afinal, a Sol tem uma mãe e um padrasto, o Bento tem um pai e uma mãe e eu só o meu pai. É muito legal a gente pensar que família é quando a gente se ama. Todo mundo que mora no prédio Azul acaba virando uma família. Isso acaba se estendendo para a vida profissional. Nossa família acaba aumentando a medida que adotamos os companheiros de cena e de SET”, finaliza emocionado agradecendo o pai, que está sempre presente nas gravações.

A feiticeira Berenice, que entrou para ficar nos grupos e virou detetive, também conversou com a gente e falou sobre o apoio dos pais. “A vontade de ser atriz veio da minha mãe. Eu adorava bater a cena com elas das novelas que a gente assistia e hoje ela está presente aqui comigo todos os dias, ralando e fazendo de tudo por mim. Eu amo muito ela”, disse enquanto mandava beijo para mãe.

Dá uma olhada na entrevista completa:

As vilãs: Duvíbura e Dunhoca

O novo filme de DPA vai ter muita novidade! Além de encarar o frio e novos desafios, os Detetives vão precisar enfrentar Duvíbora e Dunhoca, que querem conseguir por as mãos na relíquia de qualquer jeito. Klara Castanho e Alexandra Richter, atriz que interpretam as vilãs, contam que a relação entre as duas começou de cara. “A Alexandra parece muito a minha mãe, a forma que ela cria a Gabi, filha dela. Existiu uma afinidade no primeiro olhar, a gente se entendeu em vários aspectos. Nosso comportamento é muito parecido”, explica Klara. “A gente tem uma experiência de vida e vivência familiar muito igual. É engraçado, as vezes eu falo alguma coisa e ela brinca: ‘Nossa! É minha mãe falando”’, conta Alexandra se divertindo.

(Foto: Arquivo / Pais&Filhos)

“Existe muito afeto e admiração. A gente não se desgruda! Quando existe afinidade, existe afeto. Para mim, é isso: família, elos que a gente não explica e acontecem”, completa Richter. Quando questionamos a tradicional pergunta “Família é tudo?”, as duas responderam sem pensar muito: “Sim, é tudo”. “É minha prioridade de vida, é minha base. Cada vez mais eu vejo que eu não sou absolutamente nada sem eles”, disse Klara.

Sobre as vilãs, as atrizes contaram que podemos esperar um pouco de maldade e muita trapalhadas! “O roteiro é incrível, DPA já é um sucesso. A gente já está em um produto que já sabemos que vai ser visto por milhares de crianças e famílias!”, finalizou Alexandra.

(Foto: reprodução / instagram)

Severino

Um dos grandes sucessos de DPA é o Severino, o porteiro do prédio e padrasto de Sol. O ator que o interpreta é o Ronaldo Reis, que é pai da Alice na vida real. Ele contou para gente como a paternidade ajuda a entrar no personagem e também criar vínculos com os atores mirins. “Me ajudou muito porque promove muito esse sentimento de afeto. Eu tenho uma relação com eles de muita admiração. Eu sei que no SET, eu sou um pouco pai deles, mesmo que eles tenham seus pais biológicos. Aliás, ser pai é uma coisa maravilhosa! Amo demais minha filha”, confessa já emocionado. “Nós estamos no terceiro elenco de crianças, preciso começar a cativas neles essa conexão para que isso possa ajudar, e ajuda, no nosso trabalho”, explica.

Sobre o personagem, Ronaldo Reis conta que Severino vai viver uma reviravolta! “Ele vai encontrar a metade de um medalhão que faz com que um espirito do mal entre dentro dele. Estou tentando fazer um vilão meio bem-humorado para que não fique algo muito cruel. A gente tem que trabalhar direito para as crianças não fiquem apavoradas e claro, sempre vai existir um final feliz! Vai ser um trabalho árduo, mas muito prazeroso. Vai ser um sucesso”, finaliza animado!

Sinopse

Em ‘DPA3 – Uma Aventura no Fim do Mundo’, Pippo (Pedro Henriques Motta), Bento (Anderson Lima) e Sol (Letícia Braga) se vêem em apuros quando Severino (Ronaldo Reis) encontra um objeto em meio aos escombros de um avião. O que parecia uma inofensiva relíquia era, na verdade, uma das faces do ‘Medalhão de Uzur’, responsável por controlar e manipular toda a magia existente no mundo. Assim que coloca o artefato no pescoço, o porteiro tão querido começa a se transformar em uma figura malígna.

(Foto: reprodução / instagram)

Quando as coisas pareciam não poder ficar piores, as bruxas Duvíbora (Alexandra Richter) e sua filha Dunhoca (Klara Castanho) estão dispostas a fazer qualquer coisa para colocar as mãos na relíquia. Com as vilãs em sua cola, eles precisam correr contra o tempo para encontrar a metade do bem do medalhão. Sem ajuda de Leocádia (Claudia Netto), Theobaldo (Charles Myara) e Vó Berta (Suely Franco), que tiveram seus poderes neutralizados por Severino, os detetives e Berê, conduzidos pelo Comandante Téo (Rafael Cardoso), partem em uma viagem até o Fim do Mundo, um lugar congelante e repleto de magia. Por lá, são ajudados pelos ‘Inspetores de La Casa Naranja’, os detetives argentinos Pablo, Alejandra e Juanita, e pelo mago Elergun (Lázaro Ramos), dono de uma fábrica de doce de leite que, na verdade, abriga mais segredos do que doçuras.

Ganhou prêmio e tudo! 

Na terça-feira, dia 13 de agosto, rolou um dos eventos mais importantes do cinema nacional no Theatro Municipal de São Paulo, o  18° Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de 2019. Entre as várias categorias, a nossa favorita é o de Longa Metragem Infantil e o ganhador foi ninguém mais, ninguém menos que “Detetives do Prédio Azul 2 – O Mistério Italiano”.

Para quem não sabe, o Gloob é um canal de TV por assinatura brasileiro focado para as crianças. Além disso, é uma marca que se encontra em várias plataformas para poder interagir e divertir seu filho em qualquer lugar. Além da TV, eles estão no site, redes sociais, games, aplicativos, eventos e muito mais! O melhor de tudo é que o conteúdo é pensado exclusivamente para o universo infantil, então as crianças são sempre os protagonistas. A gente ama!

Enquanto junho do próximo ano não chega, você pode preparar aquela pipoca e faz uma sessão cinema com seu filho e sua família para relembrar as outras aventuras de DPA, tanto a série, quanto os últimos dois filmes!

Leia também: 

Filme “Detetives do Prédio Azul” ganha prêmio no festival mais importante do cinema brasileiro

Detetives do Prédio Azul nas telonas; saiu o trailer do filme!

Assista ao trailer de “Detetives do Prédio Azul 2 – O Mistério Italiano”

-Publicidade-