Dr. Claudio Len esclarece todas as dúvidas sobre insolação

Ele é nosso braço direito quando surge alguma dúvida sobre a saúde do seu filho

(Foto: Getty Images)

Médico do departamento Materno-Infantil do Hospital Albert Einstein, dr. Claudio Len é nosso braço direito quando surge alguma dúvida sobre a saúde do seu filho.

-Publicidade-

A exposição da pele ao sol é importante para a síntese de vitamina D, fundamental para a formação de ossos saudáveis em crianças e adolescentes. No entanto, a exposição excessiva aos raios solares que eleva a temperatura corpórea acima de 37ºC pode causar insolação, com desidratação, irritabilidade e até perda de consciência.

Além disso, muitos problemas de pele que acontecem na vida adulta estão associados à exposição intensa ao sol até os 18 anos de idade. Portanto, os tradicionais “banhos de sol” devem seguir algumas regras, especialmente para bebês de até 12 meses:

-Publicidade-
  1.  O tempo semanal de exposição ao sol não deve ser maior do que 30 minutos;
  2. Horários entre 10h e 16h devem ser evitados ao máximo;
  3. Os protetores solares e as roupas com proteção devem ser utilizados exaustivamente ao longo do dia, especialmente depois de contato com a água;
  4. Ofereça líquidos com frequência às crianças nos dias mais quentes. Mesmo com todos os cuidados,
    podem ocorrer queimaduras solares. Nos casos mais leves devem ser feitas compressas com água fria para
    o alívio da dor. Além disso, podem ser utilizados o óleo mineral ou a vaselina líquida para que a pele fique hidrata. Outros produtos, como a pasta d’água, por exemplo, podem ser utilizados, mas sempre sob orientação médica.

Leia também:

Dor de ouvido: tire todas as dúvidas com o Dr. Cláudio Len

Dr. Claudio Len esclarece todas as dúvidas sobre rinite

Tire suas dúvidas sobre pneumonia com o Dr. Cláudio Len

 

-Publicidade-