Engasgo em crianças e bebês: como prevenir e o que fazer em caso de acidentes

Juntamente com a sufocação, os engasgos são a terceira principal causa de morte em crianças e adolescentes de 0 a 14 anos. No caso de bebês, é preciso estar atento o tempo todo e supervisionar as brincadeiras e alimentos ingeridos para evitar acidentes

Resumo da Notícia

  • Engasgos podem ser muito comuns, mas as consequências deles para crianças de 0 a 4 anos são muito sérias
  • Para evitar esse tipo de acidente, os pais devem supervisionar a alimentação e brincadeira dos filhos
  • Comidas redondas, como uvas e tomatinhos, devem ser cortados ao meio e brinquedos pequenos não devem ser ofertados à crianças

00Apesar do engasgo ser um acidente relativamente comum, inclusive para adultos, é preciso ter muito cuidado quando se trata de crianças, principalmente as que têm entre 0 e 4 anos de idade: as consequências desse tipo de problemas podem ser muito sérias.

-Publicidade-

Juntamente com a sufocação, o engasgo é a terceira principal causa de morte entre crianças e adolecentes – ou seja, recém-nascidos de 0 até jovens com 14 anos – no Brasil. Os números são impressionantes: de acordo com o Ministério da Saúde, em 2016 foram 826 vidas perdidas para esse tipo de acidente, sendo que 636 eram crianças com menos de 1 ano de vida. Por isso, é importantíssimo tomar todos os cuidados para evitar esse problema.

O que é engasgo?

O engasgo é uma reação do corpo humano após ter as vias aéreas obstruídas com alguma coisa – pode ser um pedaço de alimentos, como carnes, grãos ou balas, água, saliva ou até itens pequenos como brinquedos, miçangas, bolinhas de gude, pequenas baterias e moedas.

O engasgo é uma das principais causas de acidentes infantis (Foto: Reprodução / Parents)

Quais são os principais alimentos que causam engasgo?

De acordo com a Academia Americana de Pediatria, esses são os alimentos que normalmente causam engasgos – mas, lembre-se: qualquer alimento que não esteja picado da maneira correta ao ser oferecido para uma criança pode causar um engasgamento.

  • Salsicha
  •  Nozes
  • Amendoim
  • Castanhas no geral
  • Pipoca
  • Tomate cereja
  • Uva
  • Maçã
  • Carnes em pedaços grandes ou pequenos demais
  • Vegetais crus
  • Balas
  • Chicletes

Brinquedos também podem causar engasgos

Sim! E não são somente os brinquedos pequenos e que soltam pecinhas de encaixar podem causas engasgos: pequenos objetos também são causadores desse tipo de acidente, como moedas, tampas de canetas, baterias de brinquedos e outras coisas perdidas no chão. Quando o bebê começa a engatinhar e passa a explorar os espaços, ele pode encontrar algum desses objetos e levar à boca – o que pode levar à um episódio de engasgo e sufocação. Saiba o que fazer caso o seu filho comece a sufocar

Escolha os brinquedos certos para prevenir a sufocação

Na hora de comprar ou escolher quais brinquedos para o bebê, fique de olho nos que possuem peças pequenas ou macias demais. Os pais devem estar sempre supervisionando o momento de diversão dos filhos e não deixá-los sozinhos. Siga a indicação de idade que existe na embalagem dos produtos para não oferecer riscos à criança.

Brinquedos de crianças mais velhas costumam ter peças cada vez menores, o que é um perigo para bebês. Se você tem filhos com idades diferentes, tente separar os itens entre o que é adequado para cada um deles – dessa maneira, o risco de engasgo diminui. Veja dicas para manter os brinquedos dos seus filhos sempre organizados.

Como evitar engasgos

  • Corte os alimentos de maneira adequada: não podem ser pequenos a ponto de serem aspirados ou engolidos sem serem mastigados, nem muito grandes. Comidas redondas, como tomatinhos e uvas devem ser cortadas ao meio, em sentido longitudinal;
  • Supervisione o seu filho: as brincadeiras e hora da alimentação devem ser acompanhadas por um adulto para evitar qualquer tipo de acidente doméstico

Como desengasgar a criança:

É preciso estar preparado para agir caso o seu filho engasgue. É necessário realizar uma manobra para ajudar seu filho a expelir o alimento – ou outro tipo de objeto – das vias aéreas e é essencial saber realizado. Por vezes, até o serviço de emergência chegar pode ser tarde demais. Veja como desengasgar a criança ou o bebê no vídeo abaixo: