Criança

Fique atento aos olhos do seu filho, eles podem indicar 6 doenças

O estrabismo pode melhorar ao longo dos primeiros meses ou indicar preocupação, saiba quando

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: iStock)

(Foto: iStock)

Estrabismo infantil é um desalinhamento dos olhos e pode acontecer de três jeitos:

Convergente; quando os olhos viram para dentro;

Divergente: quando os olhos se viram para fora;

Vertical: quando os olhos somem para de baixo das pálpebras.

Os bebês que nascem com estrabismo leve podem ter os olhos de volta ao lugar até os quatro meses, mas, em alguns casos, pode ser sinal de doenças que precisam ser investigadas, diagnosticadas e tratadas adequadamente.

Além do estrabismo, o que podem afetar os olhos do seu filho:

1. Prematuridade;

2. Diabetes;

3. Histórico familiar

4. Doenças metabólicas;

5. Hipermetropia;

Caso os olhos não se endireitem, a criança precisa começar a fazer uso de óculos, exercícios fisioterápicos e, em alguns casos, usar tampão. Outro jeito de tratar o estrabismo é uma injeção de toxina botulínica no músculo extraocular para ajustar o paralelismo dos olhos.

Apesar de ser simples e de recuperação rápida, a cirurgia só é indicada nos casos mais extremos.

Leia também: