Criança

Foto de criança síria dormindo entre os túmulos dos pais é falsa e a gente explica a história

O fotógrafo esclareceu o real contexto da imagem

Emily Santos

Emily Santos ,filha de Maria Teresa e Francisco

Menino dorme entre os túmulos dos pais? #FakeNews (Foto: Abdul Aziz al Otaibi/The Independent/Reprodução)

Uma foto de um menino dormindo entre túmulos circula na internet há anos, geralmente seguida de algum texto que “analisa” e critica a “realidade”. No entanto, o site Boatos.org esclareceu o que se passa por trás da imagem.

Dois dos textos mais famosos que seguem à imagem relacionam a imagem à guerra na Síria e ao amor da criança pelos pais, e o segundo faz referência a uma cirurgia do jogador Neymar.

“PARTILHA para que TODOS meditem sobre SE realmente têm problemas. Esta criança síria ficou órfã devido à guerra, e escolheu dormir ENTRE o Pai e a Mãe. NUNCA façam os vossos filhos escolher com quem viver, nem os influenciem contra o seu Pai ou contra a sua Mãe, pois eles só querem estar sempre com os DOIS, tal como este menino! Esta lição de vida, dada por uma criança, merece ser vista por todos, Compartilha!”, diz o primeiro.

Criança dormindo sobre o túmulo dos seus pais mortos na Síria e ainda assim estão preocupados com operação no dedinho do Neymar. Como é que esse país vai para frente desta forma não não entendo tanta hipocrisia ignorância tanta desumanidade”.

Não é a primeira vez que esta imagem circula em, busca de alguma repercussão de críticas, no entanto, a foto está totalmente fora de seu contexto original. O próprio autor do registro esclareceu ao jornal britânico The Independent, em 2014, que não é nada disso.

“Não é verdade de modo algum que minha foto tem alguma relação com a Síria. estou realmente chocado com como as pessoas distorceram a imagem”, disse Abdul Aziz al Otaibi, o fotógrafo.

Fotos da (Foto: Abdul Aziz al Otaibi/The Independent/Reprodução)

Apesar do intuito das fotos ter sido mostrar o “insubstituível amor de uma criança por seus pais, o profissional reforçou que deixou claro em sua publicação original que os túmulos eram falsos e a foto foi posada. Além disso, o registro sequer foi feito na Síria.

Outra foto feita no mesmo cenário mostra o menino sorrindo entre os “túmulos”, algo que embasa a ideia de que o clique não é espontâneo.

Fica aqui um alerta sobre fake news. Na internet, é muito fácil verificar se alguma informação é real ou não, portanto cabe a cada um fazer sua parte para não contribuir com a distribuição de informações incorretas. Fique de olho!

Leia também:

Brumadinho: vídeo de bebê sendo encontrado com vida por militar israelense não é no Brasil

Conheça “Esquadrão Curioso”, o primeiro livro sobre fake news para crianças

#FAKENEWS: vídeo que mostra sequestro de criança no Rio é mentira