Gêmeos morrem após serem esmagados por fogão; mãe é presa

Os bebês ficaram sozinhos em casa por cerca de três horas

Resumo da Notícia

  • Duas crianças gêmeas morreram esmagadas pelo fogão dentro de casa
  • Mãe dos bebês deixou eles em casa sozinhos
  • Ela acabou indo presa por suspeita de abandono de incapaz

Na última quinta-feira, 7 de julho, duas crianças gêmeas morreram esmagadas pelo fogão dentro de casa. A mãe dos bebês deixou eles em casa sozinhos e quando retornou encontrou as crianças mortas. Ela acabou indo presa por suspeita de abandono de incapaz.

-Publicidade-

O caso aconteceu em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais. A mãe dos gêmeos Yan e Matheus deixou as vítimas em casa por volta de 12h30 para poder levar as outras duas filhas para a casa da avó para o almoço. Samara Estefani Santos de Deus, a mãe dos bebês, volta apenas três horas depois, encontrando os filhos esmagados embaixo do fogão sujos de óleo, que estava em cima do fogão dentro de uma panela, mas não quente.

De acordo com a Polícia Militar, um dos gêmeos foi levado para a casa da avó em uma tentativa de reanimação, mas ambos não resistira. No depoimento de Samara, feito às autoridades, ela conta que levou as duas filhas na casa da mãe materna para que elas pudessem almoçar e tomar banho, já que o chuveiro de sua casa não estava funcionando. Ao voltar, ela encontrou os filhos embaixo do fogão.

A mãe dos gêmeos deixou eles sozinhos em casa por cerca de três horas. (Foto: Reprodução / G1)

Samara explicou que não tinha o costume de deixá-los sozinho e que foi uma exceção, porque não conseguiu a ajuda de nenhuma vizinha. O pai das crianças conta que estava trabalhando durante o ocorrido, e só tomou conhecimento quando retornou para casa.

A mãe dos bebês, que não tinha passagens pela polícia, foi presa por suspeita de abandono de incapaz. Ela será transferida nesta sexta-feira, 8 de julho, para o presídio feminino de Vespasiano até a audiência de custódia.