Jovem de 19 descobre que está grávida somente no momento de dar à luz ao primeiro filho

A Kate Schmittling, jovem universitária de 19 anos, teve uma gravidez enigmática. Ela só descobriu que seria mãe no momento exato de dar à luz

Resumo da Notícia

  • Uma jovem universitária teve uma gravidez enigmática
  • A moça não percebeu os sintomas gestacionais e confundiu com cólica menstrual
  • A gravidez misteriosa passou despercebida até o momento do trabalho de parto

Uma estudante universitária de 19 anos soube que era infértil após realizar alguns exames médicos, no entanto, descobriu que estava grávida de nove meses, apenas algumas horas antes de dar às luz. A Kate Schmittling, acadêmica do segundo ano da Universidade de Toledo, em Ohio, nos Estados Unidos –  não teve suspeita de nenhum sintoma, isso porque, tudo o que sentiu, atribuiu como dores menstruais e ganho de peso comum.

-Publicidade-

O filho nasceu em fevereiro de 2021, mas a mãe só relatou a história em março de 2022, em um vídeo publicado na plataforma TikTok. Em depoimento, Kate disse ter se horrorizado quando teve a consciência do que estava acontecendo. No período que mulher estava grávida, ela pensou que tivesse ganhado peso por ter parado de frequentar a academia, devido as restrições da pandemia da Covid-19.

A mãe, que agora tem 20 anos, falou que no período da gestação estava tomando pílula e teve manchas leves durante o processo gestacional. As pequenas manchas de sangue que notava, ela confundiu com menstruação. Mas, embora o caso parece espantador, Kate Schmittling não tinha motivos para achar que estivesse esperando um filho. Visto que, ela havia sido informada por um médico que não poderia ter um bebê por ser infértil.

Mulher de 19 anos teve gravidez enigmática (Foto: Reprodução/Instagram @kateschmittling)
Mulher de 19 anos teve gravidez enigmática (Foto: Reprodução/Instagram @kateschmittling)

“Os médicos na sala de emergência estavam tipo, ‘Ah, a propósito, você vai ter um bebê agora. Os médicos disseram: ‘Você está em trabalho de parto ativo e precisamos levá-la à unidade de trabalho de parto e parto em breve'”, contou a mãe, em entrevista concedida ao  New York Post.

Ainda em relato, a Kate contou como foi parar na unidade médica antes de saber que estava grávida do primeiro filho: “Eu tendo cólicas menstruais muito fortes e correndo para o pronto-socorro pensando que estou morrendo”.  A jovem pensou que iria apenas ao hospital tomar remédios para cólica, mas, na verdade, saiu com o primeiro filho – o qual deu o nome de Sebastian.