Lembra dela? Clarinha, de ‘Páginas da Vida’, está com 22 anos e admite que está sem oportunidades

Joana Mocarzel representou o papel de uma menina com Síndrome de Down, na novela que ia ao ar há 16 anos. Ela cresceu – e veja como ela está atualmente!

Resumo da Notícia

  • Clarinha, de 'Páginas da Vida', está com 22 anos e admite que está sem oportunidades
  • Joana Mocarzel representou o papel de uma menina com Síndrome de Down, na novela que ia ao ar há 16 anos
  • Ela cresceu - e veja como ela está atualmente!

Há 16 anos, a novela ‘Páginas da Vida’ ia ao ar na Globo, abordando o preconceito com pessoas com Síndrome de Down. Para essa representação, a atriz Joana Mocarzel, na época com sete anos de idade, protagonizou um conflito de sucesso da televisão brasileira.

-Publicidade-

Na trama, Joana interpretava Clarinha – que era filha, na novela, de Fernanda Vasconcelos e neta de Lilian Cabral. Após a morte da mãe no parto, Clarinha e o irmão gêmeo ficam sob cuidados da avó. Porém, a idosa decide abrir mãe da guarda da neta com Síndrome de Down e a entrega para a adoção.

Clarinha era protagonista da trama que estava passando na rede Globo há 16 anos
Clarinha era protagonista da trama que estava passando na rede Globo há 16 anos (Foto: Reprodução/ Observatório da UOL)

Adotada por Regina Duarte, Joana vive, na pele de Clarinha, conflitos banhados pelo preconceito e drama familiar. 16 anos depois, ‘Páginas da Vida’ está sendo reprisada pelo canal Viva – e Joana admitiu, em recente entrevista ao Extra aos 22 anos de idade, que encontra dificuldades para achar oportunidades dentro da televisão.

“Não surgiram mais convites, mas gostaria muito de fazer novela. Acho que ainda faltam oportunidades, sim”, contou Joana, que está na faculdade – mas ainda tem vontade de voltar para a dramaturgia. “Na minha opinião, ainda há muito preconceito e desinformação sobre a Síndrome de Down”.

Joana está com 22 anos de idade e está estudando artes cênicas
Joana está com 22 anos de idade e está estudando artes cênicas (Foto: Reprodução/ Observatório da UOL)

Sobre os planos para o futuro, Joana ainda contou que estava para começar o curso de Artes Cênicas em 2020. “A pandemia suspendeu esse plano. Quero ser uma grande atriz e continuar na carreira de influenciadora digital no Instagram, especialmente para mostrar aos meus seguidores que uma pessoa com síndrome de down leva uma vida como qualquer outra”.

Ela conta ainda que tem usado as redes sociais para conscientizar pessoas à respeito da Síndrome de Down. “Tenho buscado usar meu Instagram para mostrar que levo uma vida normal. Acho importante para desconstruir a desinformação que muitos tem sobre a Síndrome de Down”.