Livros infantis para incentivar o hábito de leitura dentro de casa

Ler traz vários benefícios para as crianças e o apoio dos pais nesse momento é fundamental. Confira uma lista especial para se aventurar em diferentes histórias

Resumo da Notícia

  • Confira uma lista de livros infantis especial para o seu filho
  • Com ilustrações, as histórias trazem reflexões importantes para as crianças e adultos
  • Incentivar a leitura desde cedo em casa é muito interessante

O hábito da leitura não surge do dia para noite e é necessário que os pais incentivem isso para que os filhos peguem gosto. Pensando nisso, separamos uma lista com 6 livros que podem te ajudar a criar e fortalecer esse costume dentro de casa.

-Publicidade-

O pulo do coelho

Lázaro Ramos | Carochinha

O “pulo do coelho” é um livro infantil de Lázaro Ramos que fala sobre sonhar (Foto: Divulgação)

Ah, as crianças… Gusmão era um menino que queria um pouco de tudo: aprender um novo passo de dança, tomar chuva sem hora para acabar, e por aí vai. Mas ele desejava tudo o tempo todo, não à toa se apelidou de “querente”. Em uma noite, o protagonista sonhou que era um coelho e estava em um circo. Para não fugir ao costume, contudo, o menino não se satisfez com isso, o que ele realmente queria era ser mágico. Entre todas as expectativas, a história ensina que acima de tudo, é preciso acreditar e insistir nos próprios sonhos.

O pó do crescimento

Ilan Brenman | Moderna

Para quem procura magia, os livros são uma ótima opção (Foto: Divulgação)

André vivia em uma casa humilde com a mãe quando ela ficou doente e ele precisou ir à cidade buscar ajuda. No caminho, ele encontrou uma tartaruga que lhe ofereceu um tal de “pó de crescimento universal”. Segundo o animal, a criança poderia enterrar qualquer coisa e colocar o pó, que nasceria uma árvore cheia de frutos daquele objeto. Para saber se isso procede, você precisa mergulhar nessa história e abrir a imaginação. Afinal, um pouco de magia faz bem, principalmente na realidade que estamos vivendo…

O protesto

Eduarda Lima | Pequena Zahar

O livro “O protesto” discute sobre a importância de cuidarmos do planeta (Foto: Divulgação)

De forma sensível e sutil, este livro aborda um assunto sério: o impacto do homem na vida dos animais. Tudo começa quando um pássaro deixa de cantar. E aos poucos, conforme todos os bichos vão se calando, isso também se reflete na rotina das famílias. O silêncio, nesse contexto, diz mais do que muitas palavras. E assim, a autora portuguesa traz uma reflexão importante para as crianças e mostra que a união é capaz de fazer a diferença para o presente e futuro do planeta.

O monstro das cores vai à escola

Anna Llenas | Aletria

“O monstro das cores” rompe os estereótipos de forma divertida para as crianças (Foto: Divulgação)

Uma amizade inusitada entre uma menina e um monstro apresenta de forma divertida o primeiro dia dele na escola. Os pensamentos e primeiras impressões são acompanhados de ilustrações alegres e divertidas que agregam um charme a mais. Essa é uma história que rompe com o estereótipo de monstros horrendos e cruéis e conta sobre um protagonista despojado. Essa é uma forma de mostrar ao seu filho que há muitas aventuras e sentimentos para serem vividos dentro das salas de aula com os amigos e professores.

Nos olhos de quem vê

Angélica Lopes | Escrita Fina

Há várias formas de ver e é justamente isso que discute esse livro infantil. Enquanto uma criança arteira só pensa em brincadeira, os olhos de uma mãe acham que o filho é um anjo. Somos todos diferentes e merecemos respeito, e de um jeito carismático e sutil a história convida a família toda a expandir a visão e dar um basta no preconceito. Uma ótima forma de inserir o tema com o seu filho. Entre os versos e ilustrações, fica a lição: tudo é uma questão de perspectiva, por isso vale a atenção.

Zoom

Istvan Banyai  | Brinque-book

Junte a família toda para refletir sobre as imagens do livro Zoom (Foto: Divulgação)

Aqui está uma proposta de desafio para a família: ler um livro que foge um pouco às regras para ver a reação do seu filho e o que desencadeia. “A gente não precisa se ater aos livros padrões”, pontua. Você pode começar por esse, um clássico, que ainda se mantém bastante atual. É construído apenas por imagens, em um jogo de zoom. Por isso, pode ser lido tanto de frente para trás como de trás para frente. Mesmo sem utilizar palavras, o autor cria uma história quase poética em que é possível perder horas analisando cada detalhe das ilustrações. “É um livro que mexe com as crianças e adultos e fala sobre pontos de vista. Como a gente enxerga uma coisa de um jeito quando está dentro dela e de outro quando se afasta”, finaliza. Abra a mente e permita se questionar sobre a forma que você está enxergando o mundo ao redor.