Mãe fala sobre a experiência de deixar a filha de 2 anos se vestir sozinha: “Ela é 100% original”

Karis desistiu de tentar forçar Evangeline a seguir suas dicas de moda

“Por que eu deveria ensinar minha filha que ela tem que se adequar à ideia da sociedade do que é moda?” (Foto: Shutterstock)

Karis Carlson falou sobre a importância de deixar a filha se vestir sozinha. Claro que, nas primeiras vezes, Evangeline escolhia roupas inusitadas. Mas, com o tempo, Karis entendeu que aquilo estava formando a personalidade de Evangeline. O resultado dessa história é incrível.

-Publicidade-

Sem stress para se vestir por Karis Carlson

Minha filha Evangeline tinha apenas 2 anos quando ela começou a se vestir sozinha, e eu passava a maioria das manhãs tentando convencê-la a usar a roupa que eu escolhi ao invés das roupas cheias de estampas que ela escolhia.

-Publicidade-

Depois de muitas manhãs frustrantes, desisti. Afinal, por que eu deveria ensinar minha filha que ela tem que se adequar à ideia da sociedade do que é moda? E, realmente, o que é tão errado em vestir leggings com estampas de onça e camisetas com desenhos de borboletas?

Então agora deixo ela usar o que ela quiser, desde que a roupa seja apropriada para o clima (“Desculpe, querida, shorts não são quentes o suficiente para o inverno”). Desde que dei à minha filha a liberdade de escolher suas roupas, as manhãs se tornaram mais fáceis.

Ela se levanta, pega suas roupas e se veste, enquanto eu relaxo no sofá tomando meu café da manhã e espero ela aparecer no topo da escada e orgulhosamente exibir seu look do dia. Eu sei que suas escolhas representam a personalidade dela, e tentando colocá-la em um molde eu estava sufocando sua criatividade e impedindo-a de se expressar.

Eu admito, isso não é o que eu imaginava fazer sendo mãe. Eu esperava sempre vestir meus filhos perfeitamente, roupas da moda de marcas populares. Mas agora minha filha vai para todo lado vestida com o que a faz feliz. Ela consegue usar algo que ela ama, e eu vejo sua personalidade única. Aprendi que, embora ela não combine as coisas na maioria das vezes, ela sempre é 100% a Evangeline.

Leia também:

Loja internacional abandona rótulos e cria roupa infantil sem gênero

6 truques para ensinar seu filho a se vestir sozinho

Amamos! Já imaginou uma loja de roupas da Disney? Ela existe!